Riquelme diz não ao Fla por 'questões futebolísticas'

LANCEPRESS! - 19/07/2012 - 17:52

Boca Juniors x Union Española - Copa Libertadores - Gol do Riquelme (Foto: Leo La Valle/EFE)

Uma frustação após a outra. Depois de perder de forma vergonhosa para o Corinthians e receber a negativa de Diego, foi a vez de Riquelme não aceitar a proposta do Flamengo. Segundo o diretor de futebol do clube, Zinho, que vinha conduzindo a negociação com os representantes do argentino, apesar de todas as garantias que o clube conseguiu, o meia-atacante não aceitou vir para o Rubro-Negro.

- Eu que estava conversando com o jogador. No Flamengo, é impossível fazer só você e os representantes, ficou visível. Não é que eu não queria o Riquelme. Não era isso. A prioridade era do Diego. Como não deu certo por questão financeira, teria novas possibilidades. Vestiria a camisa 10, mas não vai vir. Tive agora a resposta do empresário dele. O Flamengo aceitou fazer dois anos de contrato. Ele viu o jogo de ontem, o que o deixou muito inseguro. Ele colocou o motivo de não aceitar: questões futebolísticas - disse Zinho, em entrevista coletiva.

Amedrontado com o futebol ruim demonstrado na derrota de 3 a 0 para o Corinthians e pressão pela qual o Flamengo passa neste Campeonato Brasileiro, fez Riquelme desistir de vir para a Gávea para não se expor aos 34 anos. De acordo com Zinho, o Flamengo conseguiu rapidamente as exigências do argentino, como o aumento do vínculo para dois anos.

- Pelo que ele comentou, não veio por questões futebolísticas. Isso no geral. A pressão, a cobrança. Palavras do empresário dele. Tentamos dizer que só foi um jogo. Que alguns jogadores do elenco não jogaram. Caso do Ramon, do Luiz Antonio, do Cáceres e do Gonzáles e que pressão tem em todos os clubes do Brasil. A questão da rescisão com o Boca também pesaram. A resposta foi essa. Não faltou esforço da direção do Flamengo. Vou defender a Patricia, eu, o Coutinho. O Flamengo fez todo o esforço. O atleta está num nível que não quis encarar o desafio - revelou Zinho.

Zinho reconhece que a aposta para a posição sera nos jovens Adryan e Mattheus. O dirigente, inclusive, confia no elenco do Flamengo para este Campeonato Brasileiro.

- Não tem como buscar no estrangeiro, mas tem esse elenco. É um trabalho da comissão técnica achar a melhor formação. No mínimo quatro jogadores não jogaram contra o Corinthians. O Luiz estava sendo titular, o Gonzalez e o Ramon. O Cáceres vem brigando pela posição. O Corinthians jogou sem um centroavante de área e se adaptou. Dá para contar nos dedos os times que têm um camisa 10. Dentro do elenco temos que buscar. Eu valorizo a nossa base. Estamos trabalhando isso também. Tem jogadores que pode fazer essa função - finalizou.

Você comentarista: