Patricia Amorim pede 'mobilização nacional' por Fla contra R10

LANCEPRESS! - 01/06/2012 - 18:50

Patricia Amorim sobre Ronaldinho Gaúcho (Frame: Reprodução/TV Fla)

A fim de esclarecer para a torcida a saída de Ronaldinho e as medidas que o Flamengo irá tomar para reverter o processo colocado pelos procuradores do jogador na Justiça do Trabalho, a presidente Patricia Amorim concedeu uma entrevista na TV Fla. A mandatária reconhece o momento turbulento e garante que "essa luta está epanas começando".

- Passamos por um momento muito turbulento, um momento difícil, mas de grande definição. Investimos no jogador o ano passado, contando com vocês. E tivemos uma resposta não tão muito feliz no fim dessa história. Mantínhamos sempre contato e uma boa relação. E recebemos só indisciplinas, mas uma ação judicial da qual o Flamengo não se ausentará da luta - disse Patricia Amorim, acrescentando que vai fazer de tudo para o clube não ser prejudicado.

- Nós seremos implacáveis na briga na Justiça pelo que é direito do Flamengo, o direito do Flamengo é que só joga no clube quem gosta. Esse é o direito e assim tem que ser respeitado. Isso é uma causa de todos nós. É uma mobilização nacional. Venho pedir para incentivarmos o nosso time, e mostrarmos que o Flamengo é muito maior do que qualquer jogador. Essa luta está apenas começando - encerrou


Você comentarista: