Fla notifica Verdão por R10 e pode cobrar R$ 325 milhoes

LANCEPRESS! - 02/06/2012 - 18:54

O Palmeiras recebeu na manhã deste sábado uma notificação extrajudicial do Flamengo com acusação de que teria induzido Ronaldinho Gaúcho a romper contrato com o clube carioca. O Verdão vai responder na próxima segunda-feira.

Na última quinta, o meia entrou com uma ação na 9ª Vara do Trabalho da Comarca do Rio de Janeiro cobrando R$ 40 milhões e pedindo rescisão do acordo com o Rubro-negro.

Segundo informações do "Jornal da Tarde", o texto do documento diz que existem "evidências de que a Sociedade Esportiva Palmeiras iniciou tratativas para a contratação do atleta Ronaldo de Assis Moreira em data anterior à concessão de emancipação de tutela proferida pela 9ª Vara do Trabalho da Comarca do Rio de Janeiro."

A notificação também foi encaminhada para a CBF e Federação Paulista de Futebol (FPF) e há até a intenção de o Fla cobrar uma indenização de R$ 325 milhões caso o ex-camisa 10 da Gávea se transfira para o Palestra Itália.

- Hoje (sábado) chegou uma notificação dizendo que o Palmeiras teria aliciado o jogador. Nego veementemente que isso tenha acontecido. Na segunda-feira eu vou redigir o texto e encaminhar para o presidente (Arnaldo Tirone), mas o Palmeiras está tranquilo em relação a isso porque não houve nenhum descumprimento de lei. Está tudo sendo analisado, nada definido e é uma questão para o presidente decidir - afirmou Piraci Oliveira, diretor jurídico do Palmeiras.

Para Roberto Frizzo, vice-presidente do Verdão, a postura adotada pelo Flamengo serve apenas para abafar a crise que agita o Ninho do Urubu.

- Isso é uma fantasia que eles estão fazendo para desviar o foco. Eles querem abrir dúvida, criar polêmica. Como é que desvia o foco da crise que está lá dentro? Eles estão conseguindo, porque foram eles mesmo que vazaram a informação e estão querendo responsabilizar outro clube. Quem tem problemas com atleta são eles. Para mim o atleta é do Flamengo, porque a liminar é um recurso jurídico que pode ser cassado. Eu o considero jogador do Flamengo. Ponto final. Não temos que perder tempo pensando num atleta que está empregado - disse.

Você comentarista: