Com gol de 'Neymar' do Bangu, Vasco perde a segunda seguida

Hugo deu a vitória do time alvirrubro sobre o Cruz-Maltino em São Januário

LANCEPRESS! - 03/02/2013 - 21:37 Rio de Janeiro (RJ)

Depois de perder o clássico para o Flamengo no meio da última semana, o Vasco voltou a tropeçar no Campeonato Carioca, na noite deste domingo, contra o Bangu, em São Januário, por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado por Hugo, que teve boa atuação e incomodou muito a defesa cruz-maltina.

Fique por dentro antes que todos! Notícias do Gigante da Colina no celular.

Com a segunda derrota seguida, o time do técnico Gaúcho ficou estacionado nos 9 pontos e deixou a liderança do Grupo A da Taça Guanabara, sendo ultrapassado pelo Botafogo, que venceu o Macaé de virada, no Moacyrzão. O Bangu chegou aos oito pontos e encostou nos líderes do Grupo B.

Na próxima rodada, os vascaínos jogarão o clássico contra o Fluminense, no Sábado de Carnaval, às 17h, no Engenhão. No mesmo dia e horário, o time da Zona Oeste do Rio pega o Quissamã, em Moça Bonita.

PRIMEIRO TEMPO COM ERROS E SEM GOLS

Como de praxe em partidas entre times grandes contra pequenos, o Bangu adotou a tática de se defender bem e tentar emplacar um contra-ataque. A estratégia funcionou até os 14 minutos, quando o Vasco enfim chegou a um lance perigoso. Tenório recebeu livre na área, mas demorou a chutar e acabou desarmado pela zaga.

Aos 21 minutos, foi a vez do Bangu ameaçar o gol defendido por Alessandro. Celsinho bateu de fora da área e forçou o goleiro a fazer uma boa defesa. No lance seguinte, Alecsandro chutou, a bola desviou em André Ribeiro e Alessandro novamente apareceu bem.

O Vasco reagiu logo depois. Tenório arrancou em velocidade e bateu de fora da área. Mas a bola foi sem força e saiu pela linha de fundo. Abuda foi outro que tentou marcar com um chute de longe. O jogador, que voltou a atuar como volante, mostrou serviço e por duas vezes levou perigo ao gol do Bangu.

Perto do fim do primeiro tempo, aos 38 minutos, Tenório carregou pelo meio e tocou para Eder Luis, que bateu de esquerda e forçou Getúlio Vargas a fazer uma grande defesa. Aos 45, o equatoriano criou e concluiu a jogada. Ele bateu de fora da área, mas a bola foi para fora.

O estreante vsacaíno da noite, Nei, não teve uma atuação brilhante. O lateral errou muitos passes e cruzamentos. No entanto, não faltou raça e vontade de buscar jogo.

O primeiro tempo acabou como começou: com o placar em zero a zero, o Vasco tentando penetrar na defesa do Bangu e os visitantes se defendendo bem, tentando emplacar um contra-ataque.

HUGO ABRE O PLACAR E INCOMODA A ZAGA DO VASCO

No começo do segundo tempo, o atacante Hugo surpreendeu a defesa vascaína. Principalmente Dedé. O atacante arrancou em velocidade, deixou o Mito para trás e bateu, de dentro da área, para abrir o placar.

Após o gol, o Vasco levou perigo ao gol do Bangu. Bernardo e Eder Luis fizeram uma boa trama que terminou em uma ótima defesa de Getúlio. Tenório passou direto e não pegou o rebote.

Hugo continuou infernizando a zaga vascaína. Depois de limpar Dedé, o atacante deu um lindo passe para Sérgio Júnior, que invadiu a área, mas foi travado por André Ribeiro.

Depois de alguns minutos de jogo com ritmo mais sonolento, o Vasco voltou a assustar. Aos 28, Eder Luis chegou à linha de fundo e cruzou. Tenório cabeceou firme, mas Getulio segurou.

Aos 43 minutos, de cabeça, Leonardo carimbou a trave banguense e no rebote, novamente de cabeça, mandou para fora, com o gol aberto. Não era a noite do Vasco, que seguiu pressionando até o apito final do árbitro, mas não conseguiu nem somar um ponto dentro da Colina.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 1 BANGU

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 03/02/2013 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ)

Público/Renda: 2.106 pagantes / R$ 30.410
Cartões amarelos: André Ribeiro (VAS); André Barreto e Dakson (VAS)
GOLS: Hugo, 9'/2ºT (0-1);

VASCO: Alessandro, Nei, Dedé, Douglas e Wendel; Abuda (Leonardo 32'/2ºT), Fillipe Soutto (Dakson 10'/2ºT); Pedro Ken e Bernardo (Marlone 19'/2ºT); Eder Luis e Tenório. Técnico: Gaúcho

BANGU: Getúlio Vargas, Celsinho, Raphael, Carlos Renan e Bruno Santos (Gulherme 42' 2ºT); Ives, André Barreto, Araruama e Eudes (Nil 37'/ 2ºT); Hugo e Alecsandro (Sérgio Junior 21'/2ºT. Técnico: Cleimar Rocha.

Você comentarista: