Bernardo e Dedé comandam vitória do Vasco sobre o Resende

Cruz-maltino se mantém na liderança isadolada do Grupo A ao vencer por 4 a 2

Victor Machado - 26/01/2013 - 22:53 Volta Redonda (RJ)

Com três vitórias em três partidas disputadas, o Vasco fez mais uma vítima na Taça Guanabara. Em um duelo recheado de gols no segundo tempo, o Vasco superou o Resende por 4 a 2 neste sábado, em Volta Redonda, e se mantém no posto de ataque mais positivo do torneio, com 11 gols.

GALERIA DE FOTOS
-
Veja as imagens da vitória do Vasco sobre o Resende

LEIA TAMBÉM
- Após grande atuação, Bernardo afirma: 'Quero ir muito mais longe no Vasco'
- Estreante, Leonardo reconhece falta de ritmo, mas celebra gol

O triunfo deixa o Cruz-Maltino na liderança do Grupo A da competição, com nove pontos. Com a derrota, o Resende fica com quatro pontos e perde a oportunidade de chegar à ponta do Grupo B.

DOMÍNIO SEGURO

- Temos que tomar todo o cuidado possível - disse o técnico Gaúcho, antes do início da partida.

Mas o jogo não começou tão difícil assim para o Vasco. O duelo foi estudado com calma por ambas as equipes até os dez minutos da primeira etapa, quando, em cobrança de falta, Bernardo disparou uma bomba de longe. A bola passou por todo mundo na área e o goleiro Mauro até tentou defender, mas não teve jeito: 1 a 0.

A partir daí, o Cruz-Maltino começou a trocar passes no meio de campo, procurando penetrar na área adversária. Mais recuado, o Resende explorou os contra-ataques, e quase teve sucesso em uma das tentativas. Aproveitando um passe errado de Bernardo no meio de campo, Elias disparou sozinho rumo à área vascaína e, mesmo após cair ao trombar com a zaga, tocou para Léo perder um gol feito, na cara de Alessandro.

Em boa fase, Carlos Alberto mostrou que está mesmo inspirado em 2013. O meia recebeu um passe longo de Bernardo, livrou-se do primeiro marcador na velocidade, driblou o zagueiro Emerson com um giro, entrou na área e... chutou para fora! A jogada foi tão bonita que Bernardo elogiou-o após o lance.

Passada meia hora de jogo, a torcida foi à loucura com a invasão de campo de um animal. Não, não foi a volta de Edmundo aos gramados. Um cachorro passou cerca de dois minutos correndo livremente no gramado até decidir ir embora. Pouco depois do animal, outro a deixar o campo foi Carlos Alberto, que sentiu um incômodo muscular e foi substituído por Leonardo, que estreou com a camisa cruz-maltina.

Aos 40, a cobrança de escanteio precisa de Bernardo teve um prêmio. Dedé subiu mais que a zaga e cabeceou com força para estufar as redes de Mauro. Com o placar folgado, a defesa cruz-maltina bobeou e o Resende descontou com Dudu, de cabeça. Fim do primeiro tempo, 2 a 1 no placar.

PRESSÃO INICIAL E VITÓRIA

Mal recomeçou a partida e o Vasco mostrou porque é o time com o ataque mais positivo da competição. Em jogada iniciada por Leonardo, o estreante lançou Bernardo, que chutou rasteiro e contou com a ajuda do goleiro para marcar o terceiro da equipe. Mas, o que parecia ser o surgimento de uma goleada, estagnou-se.

Não demorou muito até o Resende acordar. Aos 8, Filipi aplicou um drible da meia-lua em André e tocou rasteiro para Marcel, na área, chutar colocado no canto esquerdo de Alessandro, sem chances de defesa. Desde então, o time mandante passou a dominar a partida variando ataques com jogadas áreas e em velocidade.

Mais atrás, o Vasco pouco criou. Mesmo assim, Leonardo perdeu uma chance incrível, embaixo do gol, e Bernardo errou um chute dentro da área. Enquanto isso, André, que protagonizou bons lances no primeiro tempo, não conseguiu repetir o desempenho na segunda etapa e atrapalhou-se algumas vezes.

Com o cansaço do Resende no fim do jogo, o Vasco cresceu. Contando com a sorte, o Vasco chegou ao quarto gol com Leonardo. O centroavante estreante arriscou de longe e a bola desviou na zaga, enganando o goleiro Mauro, que nada pôde fazer. Com uma leve pressão final, o Cruz-Maltino esperou o cronômetro chegar ao limite e venceu por 4 a 2.

O próximo desafio do Vasco é o clássico contra o Flamengo, na quinta-feira, às 19h30, no Engenhão. Também na quinta, o Resende retorna ao Raulino de Oliveira, às 20h, para encarar o Volta Redonda, time da casa.

FICHA TÉCNICA
RESENDE 2 X 4 VASCO

Local: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data/Hora: 26/1/2013 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Luis Antonio Silva Santos (RJ)
Auxiliares: Daniel do Espírito Santo Parro (RJ) e Alexandre Eller (RJ)

Renda e público: R$ 50.045 / 2.827 pagantes pagantes
Cartões amarelos: Nenhum
Cartões vermelhos: Nenhum

GOLS: Bernardo, 10'/1ºT (0-1); Dedé, 39'/1ºT (0-2); Dudu, 46'/1ºT (1-2); Bernardo, 3'/2ºT (1-3); Marcel, 8'/2ºT (2-3); Leonardo, 37'/2ºT (2-4)

RESENDE: Mauro; Dudu, Emerson e Marcelo (Linhares, 34'/2ºT); Filipi, Léo Silva, Tiago Silva (Geovani Maranhão, 16'/2ºT), Josemar (Denilson, 23'/2ºT) e Marcel; Léo e Elias. Técnico: Eduardo Allax.

VASCO: Alessandro; Abuda, Dedé, André e Wendel (Dieyson, 34'/2º); Fillipe Soutto, Pedro Ken e Jhon Cley (Dakson, 15'/2ºT); Carlos Alberto (Leonardo, 35'/2ºT); Bernardo e Eder Luis. Técnico: Gaúcho.

Você comentarista: