São Paulo chega a Goiânia pregando respeito com o Goiás

São-paulinos lembraram da dificuldade contra o Santa Cruz, na fase anterior

Marcio Porto - 19/04/2011 - 20:48 Enviado especial a Goiânia (GO)

Alex Silva (Foto: Marcio Porto)

O São Paulo desembarcou no começo da noite desta terça-feira em Goiânia, onde enfrenta o Goiás, pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta, no Serra Dourada. Cerca de 250 torcedores receberam o time no aeroporto da capital e fizeram festa quando a delegação deixou pisou em solo goiano, embora os jogadores tenham desviado o trajeto para evitar o contato.

Entre os jogadores, que falaram apenas no hotel em que o grupo ficará hospedado, o discurso foi de respeito, embora o adversário vá disputar a Série B do Brasileirão este ano.

O zagueiro Alex Silva lembrou do sufoco que o clube passou para eliminar o Santa Cruz, na fase anterior. Depois perder a primeira partida em Recife, por 1 a 0, o Tricolor paulista inverteu a situação na volta, na Arena Barueri, com uma vitória por 2 a 0.

- Só nós sabemos o que passamos aquela semana e temos de fazer tudo certo para não repetir o erro. Vamos jogar com seriedade, focados no nosso objetivo porque o Goiás é um adversário complicado, que caiu ano passado, mas merecia ter sido campeão da Copa Sul-Americana na minha opinião - disse Alex, se referindo ao torneio do ano passado, quando o Esmeraldino perdeu a final para o Indepediente (ARG).

O atacante Dagoberto seguiu a mesma linha do companheiro. Nesta terça-feira, o camisa 25 completou quatro anos de Tricolor e espera um triunfo nesse quarta para comemorar a data.

- Temos um elenco qualificado e precisamos vencer. A data é importante, ainda mais por ser um grande clube como o São Paulo, mas é preciso fazer as coisas acontecerem amanhã novamente - afirmou.

Goiás e São Paulo começam a se enfrentar a partir desta quarta-feira, às 21h50, no Serra Dourada. A partida de volta está marcada para a quarta-feira que vem, no Morumbi, e deve marcar a estreia de Luis Fabiano pelo Tricolor.

Você comentarista: