Após aval de Muricy, Santos inicia conversas por Roni, do Mogi Mirim

Diretoria do clube entrou em contato com Energy Sports, empresa que gerencia carreira do meia-atacante e ficou sabendo das condições de negócio. Concorrência pode atrapalhar

Marcio Porto - 08/05/2013 - 06:00 Santos (SP)

As imagens de Mogi Mirim (4) 1x1 (5) Santos (Foto: Miguel Schincariol/LANCE!Press)

Depois da aprovação da comissão técnica, a diretoria do Santos iniciou conversas para tentar a contratação do meia-atacante Roni, destaque do Mogi Mirim no Campeonato Paulista. Os dirigentes do Peixe entraram em contato com a Energy Sports, empresa que gerencia o Mogi e que detém os direitos econômicos do jogador de 22 anos.

A empresa apresentou as condições para abrir negociações e as partes voltaram de conversar mais para a frente. No momento, o Peixe não quer desviar o foco das finais do Paulistão e evita falar sobre possíveis reforços. Porém, na última segunda-feira, o gerente de futebol Nei Pandolfo disse que há situações avançadas.

Um obstáculo para o clube acerca de Roni é a forte concorrência. A diretoria descarta entrar em leilão, mas sabe que a vontade de Roni pode ser determinante para um possível negócio. Ele também interessa a Palmeiras e Ponte Preta.

- Tem vários jogadores que observamos no Paulistão, mas só vamos tratar disso depois do campeonato. Chegam várias ofertas, precisamos analisar. O foco agora é o título histórico do Paulista - ponderou o superintendente de esportes Felipe Faro.

Roni marcou o gol do Mogi no tempo normal da semifinal contra o Peixe  e depois desperdiçou o pênalti que garantiu o Alvinegro na final, sendo consolado por Neymar. Ele tem contrato com o Mogi até 2015, mas já dá como certa sua saída do clube.

Além dele, o Peixe também se entusiasmou com o futebol de Val, volante do Mogi. No entanto, o jogador tem uma proposta vantajosa dos Emirados Árabes Unidos e o Alvinegro não está disposto a investir alto em um jogador de 29 anos.

Você comentarista: