Santos quer usar ida de Ganso ao São Paulo para renegociar dívida com a DIS

Clube tem 20% dos bens penhorados pela Justiça por conta de imbróglio sobre a venda de Wesley para o Werden Bremer (ALE)

Marcio Porto - 13/09/2012 - 06:00 Santos (SP)

Ganso - Santos x Bahia (Foto: Miguel Schincariol)

O Santos trabalha com a possibilidade de aproveitar a ida de Ganso ao São Paulo, se for concluída, para renegociar a dívida que tem com a DIS pela venda de Wesley para o Werder Bremen (ALE), em 2010. A informação foi dada ontem pelo presidente Luis Alvaro Ribeiro na Vila Nelmiro, pouco antes da partida contra o Flamengo.

A ideia surgiu na última quarta-feira na reunião do Conselho Gestor do clube, mas ainda não há uma estratégia montada. Mesmo porque a cúpula ainda aguarda para esta quinta-feira a nova proposta do Tricolor pelo meia.

De acordo com os cálculos da DIS, o Santos lhe deve cerca de R$ 5 milhões pelos 25% dos direitos econômicos de Wesley a que tinha direito na época da negociação. O jogador hoje defende o Palmeiras.

 Ganso vai ou não vai para o São Paulo?


O Santos não repassou o valor e, por isso, há um processo na Justiça. Na última segunda-feira, o Diário Oficial de São Paulo publicou vitória da empresa penhorando 20% das receitas do clube. O departamento jurídico do Peixe, porém, garante que vai recorrer e alega que ainda não pode ter os bens bloqueados antes de nova decisão.

Você comentarista: