No Sevilla, Cicinho quer seguir trajetória de Daniel Alves

Ex-lateral do Palmeiras quer repetir caminho do jogador do Barcelona e chegar à Seleção Brasileira

Fabricio Crepaldi - 11/08/2012 - 17:00 São Paulo (SP)

Leandro Amaro e Cicinho - Embarque do Palmeiras (Foto: Eduardo Viana)

Negociado com o Sevilla (ESP) no final do mês de julho, Cicinho se despediu dos companheiros durante o treino da última sexta-feira, na Academia de Futebol. Apesar de já ter sido apresentado no novo clube, o lateral-direito voltou ao Brasil para buscar alguns pertences pessoais e aproveitou para falar sobre o novo desafio.

- Foi bacana vir aqui. Cheguei de viagem ontem, agora vim aqui para pegar minhas coisas e me despedir. Todos eles me ajudaram no tempo que fiquei aqui e a conseguir isso. Saio daqui muito feliz, com um título. Quando cheguei aqui, falei que não sairia sem títulos, e consegui isso. Saio muito feliz - disse ao LANCENET!.

Em um ano no Verdão, o lateral conquistou a Copa do Brasil neste ano e, em 2011, foi eleito o melhor lateral-direito do Campeonato Paulista. Ele fez 86 partidas e marcou apenas dois gols.

- Tanto do título, como da amizade de todo mundo, todas as nossas brincadeiras aqui... Vou sempre lembrar de tudo isso - enalteceu.

Cicinho foi apresentado no dia 3 de agosto ao lado do presidente Jose Maria Del Nido e durante a cerimônia foi muito questionado sobre o craque santista Neymar. O ex-palmeirense falou sobre o carinho dos espanhois com os brasileiros.

- Fui muito bem recebido, eles são assim com os brasileiros, tratam muito bem. Vários fizeram sucesso lá, como Daniel Alves, Renato e Luis Fabiano. A expectativa é que eu arrebente como eles e consiga dar muitas alegrias a eles. Tive dificuldade com o espanhol, que eles falam muito rápido, mas falando devagarzinho dá para entender.

O jogador ainda espera seguir os mesmos passos de Daniel Alves, que jogou durante cinco anos no Sevilla (2003 a 2008), se transferiu para o Barcelona e chegou à Seleção Brasileira.

- Se eu conseguir seguir o que ele fez lá e chegar na Seleção...É o que eu quero, é um exemplo para mim. Jogar em um time grande assim é mais fácil, é um sonho alcançar isso e tomara que eu consiga fazer o mesmo que ele - elogiou.

Você comentarista: