Mazinho se assusta com 'caso Valdivia' e diz que evita sair de casa

Natural do interior do Paraná, meia-atacante afirma que ficou com medo de ser sequestrado após acontecimento com o Mago

LANCEPRESS! - 15/06/2012 - 18:00 São Paulo (SP)

Mazinho foi contratado pelo Palmeiras durante a Copa do Brasil, destacou-se com gols nos primeiros jogos e foi um dos protagonistas da vitória sobre o Grêmio, na última quarta, no Olímpico. Nos holofotes por causa do seu bom rendimento dentro de campo, o meia-atacante tem receio de passar pela mesma situação de Valdivia, sequestrado na semana passada junto com a sua esposa.

- Eu cheguei de uma cidade pequena (Barbosa Ferraz, interior do Paraná) e acontece isso... Tenho medo de acontecer isso comigo, então evito sair de casa - afirmou o meia-atacante de 24 anos.

O jogador participou do coletivo nesta sexta-feira junto com o Mago, que não tem presença confirmada contra o Vasco, neste domingo, na Arena Barueri, pelo Campeonato Brasileiro.

- Pelo o que ele treinou, acho que ele vai ficar. É difícil esquecer o sequestro, mas como já aconteceu tem que treinar, levantar a cabeça e seguir em frente.

Valdivia está muito abalado com o sequestro, a sua esposa está no Chile e já disse que não retornará ao Brasil com receio da violência. O jogador tenta convencê-la a retornar. Ele tem contrato até 2015 com o Verdão.

Você comentarista: