Lista de reforços de Kleina no Palmeiras tem seis nomes 'titulares'

Jogadores atuam tanto no futebol brasileiro como no internacional, e dirigente garante que atletas chegarão para vestir a camisa e resolver dentro de campo

Caio Carrieri - 22/11/2012 - 07:04 São Paulo (SP)

Gilson Kleina - Treino do Palmeiras (Foto: Eduardo Viana)

A diretoria do Palmeiras já tem em mãos a lista de reforços pedidos pelo técnico Gilson Kleina para a próxima temporada, de olho na Copa Libertadores e na Série B do Brasileiro de 2013.

A relação tem seis nomes de jogadores, sendo quatro deles prioridades nessas investidas de fim de ano, e dois deles em segundo plano, caso a primeira opção não vingue.

Os diretores tiveram conhecimento da encomenda em uma reunião na Academia de Futebol na noite da última terça-feira.

Segundo um dirigente que teve acesso à listagem, os atletas atuam tanto no futebol brasileiro como no exterior. E a diretoria já se mobiliza para levar para o Palestra Itália os jogadores responsáveis por reerguer a equipe pós-rebaixamento.

– Eles que vão chegar ao elenco para vestir a nossa camisa, assumir a titularidade em uma Libertadores e resolver os nossos problemas dentro de campo – declarou esse dirigente, ligado a Arnaldo Tirone, que pediu anonimato à reportagem do LANCE!Net.

E MAIS:
Ayrton, sobre o Palmeiras: 'Não me arrependo de ter acertado'
Kleina, sobre permanência de Valdivia: 'É muito difícil cravar'
Assunção quer renovar por 'missão pessoal' de reerguer o Palmeiras

A cúpula e Kleina esperam contar com jogadores tarimbados para aguentar a pressão do torneio sul-americano e, consequentemente, recolocar o clube na Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro.

– De reserva o nosso elenco está cheio. Ao invés de contratar reserva, é melhor dar espaço para os garotos da base – disse esse conselheiro.

Nos próximos dias o Verdão deve selar a dispensa da maioria dos jogadores que têm contrato para terminar em dezembro. João Vitor, Daniel Carvalho e Román são só três dos nomes que não seguirão no Palmeiras.

– Nós vamos ter um time competitivo, mais forte do que esse, para disputar todos os campeonatos de forma competitiva – garantiu Arnaldo Tirone, bombardeado pelas críticas durante todo o seu mandato.

Ayrton, lateral-direito atualmente no Coritiba, foi uma sugestão da comissão técnica anterior, e já está contratado para se juntar ao elenco na próxima temporada.

Essas contratações serão mescladas com os mais experientes do grupo que vão permanecer, caso do capitão Marcos Assunção e da garotada da base, que terá oportunidades no Campeonato Paulista. João Denoni, Patrick Vieira e Bruno Dybal são os símbolos dessa geração que agrada Gilson Kleina e, assim como nessa reta final, terá o respaldo terá espaço em 2013.

No próximo domingo, os jovens já devem ter mais espaço na partida contra o Atlético-GO, no Pacaembu. É a última exibição do Verdão nesse ano na capital paulista, já que na última rodada o confronto será com o Santos, na Vila.

Do que o elenco precisa

Zagueiros
Apenas Henrique e Maurício Ramos estão garantidos na próxima temporada, se depender só do Verdão. Os contratos de Román e Thiago Heleno acabam no fim do ano. O primeiro não renovará, e o segundo tem poucas chances de permanecer. Leandro Amaro tem contrato até 2014, mas está em baixa com Gilson Kleina.

Lateral-esquerdo
Juninho tem contrato até 2014, foi muito mal no Brasileiro, mas continuará. O veterano Leandro, de 33 anos, sairá.

Lateral-direito
Ayrton está contratado, e Artur, o único da posição no elenco, não deve continuar, pelo mau rendimento nessa reta final do Nacional.

Volante
João Vitor não ficará, Márcio Araújo é reserva, e o veterano Assunção (36 anos) não suporta grande sequência.

Meia
Daniel Carvalho está fora do planejamento de 2013. Se Valdivia ficar, não dá para contar com ele durante toda a temporada devido às inúmeras lesões que o tiram das partidas.

Atacante
Betinho está de saída e Obina dificilmente seguirá no Verdão. Ou seja, o elenco precisa de um substituto para Barcos, caso o Pirata realmente fique no elenco. Tirone garante que sim.

Você comentarista: