Kleina espera 'corrigir' individualismo de Wesley nos contra-ataques

Volante deu passe para os dois gols do Verdão no Dérbi, mas desperdiçou várias jogadas por não tocar a bola. O próprio admite que errou em alguns lances

LANCEPRESS! - 17/02/2013 - 20:11 São Paulo (SP)

As imagens de Corinthians 2 x 2 Palmeiras (Foto: Eduardo Viana)

Os gols de Vilson e Vinícius no empate do Palmeiras com o Corinthians, por 2 a 2, neste domingo, saíram após cruzamentos de Wesley. O camisa 11, no entanto, desperdiçou várias jogadas por excesso de individualismo. O técnico Gilson Kleina admitiu o problema.

- Nós conversamos no intervalo sobre a situação. Falei para não começarmos a abrir os braços, (reclamando) porque parece que está transferindo a situação. Falei para o Wesley que ele estava fazendo uma boa partida. Ele participa muito do jogo, busca o jogo. Mas é uma questão que precisamos corrigir, porque podemos precisar mais para frente - disse o comandante.

Kleina aprovou a atuação da equipe, mas disse que o baixo aproveitamento nos contra-ataques foi decisivo para impedir a vitória.

- Podemos dizer que saímos com o sentimento de que provamos que poderíamos ter ganho o jogo. Oscilamos, tivemos dificuldade com as bolas na trave (duas, uma de Jorge Henrique e uma de Guerrero), mas depois a equipe ganhou o meio de campo. Nosso contra-ataque também temos de melhorar, porque tínhamos a melhor opção e não fizemos - comentou.

O próprio Wesley admitiu que poderia ter tomado decisões melhores em alguns momentos. Lesionado na maior parte do ano passado, ele lembra que ainda está buscando ritmo de jogo e entrosamento com os colegas.

- Às vezes nós fazemos algumas coisas que não queremos fazer, é coisa do jogo. Temos de exaltar o resultado que conseguimos aqui, com mando deles. O time tem muito a crescer, eu também tenho muito a crescer, mas fico feliz por ter participado diretamente dos dois gols do time - comentou.

Veja o empate de Corinthians e Palmeiras

Você comentarista: