De virada, Palmeiras supera o Figueira e vence a primeira no Brasileirão

Román, Barcos e Maikon Leite comandam virada do Verdão, por 3 a 1, contra o Figueirense, na Arena Barueri

LANCEPRESS! - 01/07/2012 - 20:26 São Paulo (SP)

Palmeiras x Figueirense - Campeonato Brasileiro - Gol do Roman (Foto: Eduardo Viana)

Com as atenções voltadas para a final da Copa do Brasil, o técnico Felipão surpreendeu e escalou quatro titulares para a partida contra o Figueirense. E a estratégia deu certo. O Verdão venceu o Figueira, de virada, por 3 a 1, na Arena Barueri. Foi a primeira vitória do time no Brasileirão.

Maikon Leite, que não foi muito bem com a bola rolando, foi decisivo. O camisa 7 cobrou os escanteios para os gols de Román (o empate) e Barcos (a virada) e ainda marcou o terceiro, aos 41 minutos do segundo tempo.

Com apenas 2.580 pagantes, o Palmeiras amargou o pior público jogando em Barueri - local da final da Copa do Brasil, na próxima quinta-feira, contra o Coritiba (para este jogo, todos os ingressos já foarm vendidos). A anterior tinha sido na partida contra o Guarani, pelo Campeonato Brasileiro de 2010.

Palmeiras bate Figueira e consegue a primeira vitória no Brasileirão


O Figueirense esteve melhor no primeiro tempo e abriu o placar aos 31 minutos, com Julio Cesar. O camisa 11 marcou um golaço no ângulo de Deola. O Verdão respondeu, aos 38, com Román, que havia entrado no lugar de Maurício Ramos, machucado.

No segundo tempo, o Palmeiras voltou mais ofensivo e virou o jogo. Aos 38 minutos, Barcos fez o segundo e Maikon Leite, que havia participado dos dois gols, fez o terceiro e liquidou o placar.

Com a vitória, o Palmeiras sobe para a 17ª colocação, com cinco pontos, ainda na zona de rebaixamento. O Figueirense desce duas posições, na 16ª colocação, com sete pontos.

O JOGO

Com um time misto, o Palmeiras sentiu a falta de entrosamento dos atletas no primeiro tempo, na Arena Barueri. Com o meio de campo formado por Daniel Carvalho e Felipe, ambos pouco apareceram no setor ofensivo.

Melhor para o Figueirense, que conseguiu neutralizar as principais jogadas alviverde e esboçou perigo contra a meta do goleiro Deola. Somente na primeira etapa, o Figueira errou apenas um desarme e acertou outros 13.

Ainda no ínicio da partida, aos 2 minutos, Guilherme Santos carregou a bola para a linha de fundo e cruzou para Botti, sozinho dentro da área. Na sequência, o jogador tocou a bola com o braço e o árbitro parou o jogo.

O Palmeiras chegou a balançar as redes aos 11 minutos, mas o árbitro assinalou falta do zagueiro Thiago Heleno.

Aos 20 minutos, Felipão perdeu Maurício Ramos, com dores no músculo posterior da coxa esquerda, e promoveu a entrada do defensor Román. Ramos será avaliado e ainda é dúvida para a primeira final da Copa do Brasil.

Em uma tabelinha envolvente entre Maikon Leite e Barcos, aos 21, a bola passou muito perto da trave do goleiro Wilson.

Chegando com mais perigo ao gol do Verdão - foram cinco vezes -, o Figueirense abriu o placar. Aos 31 minutos, Guilherme Santos cruzou pela esquerda e Julio Cesar mandou no ângulo de Deola. O camisa 11, que era pretendido pelo Botafogo, completou sete jogos e não poderá disputar o Brasileirão por outro clube.

No fim do primeiro tempo, Román marcou o gol do empate do Palmeiras. Aos 38, após cobrança de escanteio de Maikon Leite pela esquerda, o paraguaio subiu de cabeça e deixou tudo igual. Foi o primeiro gol dele com a camisa do Verdão!

No segundo tempo, o Palmeiras perdeu duas boas chances em apenas um minuto. As duas com Barcos. Ambas bem defendidas por Wilson.

Aos 33 minutos, o Figueirense ainda perdeu uma chance incrível. Em um contra-ataque rápido, Ronny rolou para Aloísio, que finalizou forte e mandou para cima do gol palmeirense.

Mas gringos estavam com vontade. Aos 38 minutos, foi a fez de Barcos fazer o gol da virada do Palmeiras. Após escanteio cobrado por Maikon Leite, o atacante aproveitou falha da defesa do Figueira e só tocou para as redes.

E ainda teve mais... Aos 41, Maikon Leite deixou a marca dele. O camisa 7 recebeu lançamento e na frente do goleiro Wilson, tocou no canto esquerdo do goleiro.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Palmeiras visitará a Ponte Preta, no próximo domingo, às 18h30, no Moisés Lucarelli - antes, porém, enfrentará o Coxa -. Já o Figueirense encarará o Vasco, no mesmo dia, às 16h, no Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 X 1 FIGUEIRENSE

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 1/7/2012 - 18h30
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)

Renda/ público: R$ 72.892/ 2.580 pagantes
Cartões amarelos: Caio, Doriva, Túlio, Aloísio (FIG)
Cartões vermelhos: -
GOLS:
Julio Cesar, 31'/1ºT (0-1); Román, 38'/1ºT (1-1); Barcos, 38'/2ºT (2-1); Maikon Leite, 41'/2ºT (3-1)

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Thiago Heleno, Maurício Ramos (Román - 19'/1ºT) e Fernandinho; Márcio Araújo, João Vitor, Felipe, Daniel Carvalho (Valdivia - 22'/2ºT), Felipe (Mazinho - 26'/2ºT); Maikon Leite e Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

FIGUEIRENSE: Wilson, Coutinho, Canuto, Anderson Conceição, Guilherme Santos; Doriva, Túlio, Botti (Wilson Pittoni - 12'/2ºT), Fernandes (Ronny - 10'/2ºT); Caio (Aloísio - 23'/2ºT) e Julio Cesar. Técnico: Argel Fucks.

Você comentarista: