Com novo esquema tático, Botafogo recebe Figueirense

Glorioso passa para o 4-4-2 em partida diante dos catarinenses, que vêm desfalcados e na última posição do Brasileiro

LANCEPRESS! - 27/07/2012 - 19:32 Rio de Janeiro (RJ)

Pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, Botafogo e Figueirense se enfrentam neste sábado à noite, no Engenhão, a partir das 21h, em jogo com transmissão em tempo real pelo LANCENET!. A partida marca o encontro entre duas equipes que vivem situação bem distinta na competição.

O Botafogo, em 8º lugar, tenta voltar ao G4 depois de várias rodadas entre os primeiros. No entanto, o Alvinegro está há quatro rodadas sem ganhar. Já o Figueira vem de mal a pior no campeonato. Lanterna, com oito pontos, ainda não conseguiu ganhar nenhuma de suas partidas fora de casa.

BOTAFOGO: MUDANÇA NO ESQUEMA

Para o jogo diante do Figueira, o Alvinegro virá com uma mudança sensível em seu sistema tático: do 4-2-3-1 para o 4-4-2. Sem fazer gols há três partidas, o técnico Oswaldo de Oliveira pôs em prática a alteração que já desejava na equipe. No ataque, serão escalados juntos Elkeson e Rafael Marques.

Outra variação está no meio-campo: o meia Vitor Júnior foi barrado, começará o jogo no banco de reservas. Com isso, a meia-cancha alvinegra será escalada em formato de losango, com Renato fazendo o papel de único volante, Fellype Gabriel e Seedorf mais abertos nas pontas, e Andrezinho centralizado como o homem de armação.

O Glorioso também terá dois desfalques para o jogo. O zagueiro Antônio Carlos e o volante Lucas Zen levaram o terceiro amarelo contra o Vasco e estão suspensos. Para Zen, no entanto, a parada será bem maior: na mesma partida, o camisa 5 rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e deve perder todo o restante da temporada.

O zagueiro Brinner, que herdará a vaga de Antônio Carlos na equipe titular, ficou surpreso com a adoção do 4-4-2. No entanto, o defensor afirmou que o time terá mais dinamismo tanto no ataque quanto na defesa e aguarda uma boa exibição do Botafogo neste sábado à noite:

- A mudança era inesperada. Achávamos que era só as peças que o Oswaldo ia mexer. Mas agora teremos bastante gente pra atacar e defender. Temos que entrar decididos para ajudar e fazer nosso melhor.

FIGUEIRA SEM O TRIO OFENSIVO

A maré realmente não está boa para o Figueirense. Na última posição do Campeonato Brasileiro, a equipe enfrenta o Botafogo desfalcada do seu trio de ataque. Caio e Julio Cesar estão suspensos e o uruguaio Loco Abreu fica de fora por força de contrato.

Assim, o técnico Hélio dos Anjos teve que mudar o esquema de jogo - retornando ao 4-4-2 - e improvisar o meia Roni ao lado de Aloísio no ataque. Almir será o responsável pela criação das jogadas. A boa notícia é que o zagueiro Fred está de volta e poderá jogar.

- O Almir deve trabalhar na aproximação das jogadas, dando liberdade para o Roni atuar como meia-atacante. Quero o Aloísio como jogador infiltrado. São três jogadores bastante interessantes - disse Hélio dos Anjos.

O Figueirense está há 11 jogos sem vencer. A única vitória conquistada pela equipe no Brasileirão veio na primeira rodada, contra o Náutico. De lá para cá, foram cinco empates e seis derrotas.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FIGUEIRENSE
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 28/7/2012, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Altemir Haussmann (Fifa-RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS)

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Brinner, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Renato, Fellype Gabriel, Seedorf e Andrezinho; Elkeson e Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

FIGUEIRENSE: Ricardo; Pablo, Fred, Anderson Conceição e Guilherme Santos; Jackson, Túlio, Doriva e Almir; Roni e Aloísio. Técnico: Hélio dos Anjos.

Você comentarista: