Flamengo estreia nos playoffs com vitória suada

Depois de duas prorrogações, Rubro-Negro derrota Uberlândia, em Minas, por 110 a 108 e abre vantagem no NBB

LANCEPRESS! - 28/04/2012 - 20:46 Uberlândia (MG)

Marcelinho anotou 20 pontos e ajudou o Flamengo a vencer o primeiro jogo da série (Foto: Divulgação)

O Flamengo precisou de duas prorrogações, mas conseguiu estrear com vitória nos playoffs do Novo Basquete Brasil (NBB). Na noite deste sábado, a equipe carioca venceu o Uberlândia por 110 a 108, dentro do ginásio do UTC, e garantiu uma vantagem preciosa para o restante da série, que agora tem dois jogos em sequência no Rio de Janeiro. Robert Day, ala do time mineiro, foi o cestinha com 30 pontos.

Essa foi apenas a segunda vitória do Flamengo sobre o Uberlândia na história do confronto no NBB, que já contabiliza cinco jogos.

– Impressionante como foi esse jogo. Muita emoção do início ao fim. Foi um jogo digno do campeonato, que tem sido eletrizante desde o início. Acho que o Flamengo está de parabéns por ter conseguido manter o equilíbrio mesmo com a pressão da torcida, que lotou o ginásio e fez uma festa bonita – disse o ala Marcelinho.

Nas oitavas de final, o Uberlândia eliminou outro time carioca, o Tijuca, depois de vencer a série por 3 a 1. Mas os mineiros chegaram nas quartas combalidos por vários problemas físicos na equipe. O ala/armador americano Robby Collum jogou com dores no tornozelo, assim como o ala Gruber, que teve uma entorse. Soró, sentindo dores no pé, e o pivô Estevam, com dores de cabeça, também tiveram menor tempo de quadra e dificultaram o rodízio da equipe.

– Foi um jogão! Acredito que todos que estiveram aqui gostaram do que viram. Fizemos uma boa partida, mas infelizmente saímos com a derrota. Agora, temos que concentrar para tentarmos buscar o empate na terça – lamentou Soró, ala do Uberlândia.

O segundo jogo do confronto será na próxima terça, dia 1º, às 17h, no Rio de Janeiro.

O JOGO

A dupla americana formada por Robby Collum e Robert Day liderou as ações ofensivas do Uberlândia no início do jogo, que, apesar da pressão exercida pela torcida que lotou o ginásio do UTC, começou bem equilibrado. Tanto que o Flamengo, dominando o garrafão, venceu o primeiro quarto pela diferença mínima de um ponto, 22 a 21. Melhores em quadra, os cariocas voltaram para o segundo período mantendo o mesmo ritmo nas jogadas ofensivas, e alargaram a vantagem no placar para nove pontos: 45 a 36.

Em dia inspirado de Caio Torres no garrafão, o Rubro-Negro seguiu dominando o jogo no segundo tempo, e chegou a abrir 12 pontos. Mesmo assim, os anfitriões não sentiram o placar, e reagiram pelas mão de Valtinho e Robert Day, que, juntos, anotaram 21 pontos no terceiro quarto e recolocaram o time mineiro na partida, enxugando a vantagem carioca para apenas dois pontos no fim do quarto. No último período, a equipe mineira incendiou o ginásio ao virar a partida, mas o equilíbrio se manteve. A decisão ficou para os 27 segundos finais, quando o Flamengo estava dois pontos na frente e Cipolini empatou o jogo em 90 pontos com uma enterrada. Estava decretada a primeira prorrogação.

Sem Marcelinho, eliminado do jogo por cometer a quinta falta individual no fim do segundo tempo, o Flamengo foi liderado pelo ala David Jackson, cestinha do time com 29 pontos. O jogador marcou os cinco primeiros pontos cariocas no tempo extra, mas, ainda assim, os donos da casa reagiram e os times se alternaram na frente do placar até o final, quando Robert Day empatou o jogo em 104 pontos, após cobrança de lances livres.

Aliás, o americano também saiu do jogo na segunda prorrogação. Superando o cansaço de um jogo intenso, com mais de 50 minutos, o Flamengo buscou a vitória na estreia do time nos playoffs do NBB.

Próximos jogos:

01/05 (terça-feira)
17h – Flamengo x Uberlândia

04/05 (sexta-feira)
19h – Flamengo x Uberlândia

08/05 (terça-feira)*
20h – Uberlândia x Flamengo

11/05 (sexta-feira)*
19h – Flamengo x Uberlândia

*Se necessário

Você comentarista: