Técnicos fazem mistério na escalação antes do clássico catarinense da Série B

Com variações táticas, treinadores se estudam para definir a equipe que entra em campo nesta terça-feira, às 21h

Craque do Futuro - 21/08/2012 - 11:20 Criciúma (SC)

O clássico entre Criciúma e Avaí está cheio de mistérios pelos dois treinadores. Paulo Comelli, do Criciúma, e Hemerson Maria, do Avaí, só devem revelar a escalação horas antes do início da partida. O duelo será nesta terça-feira, às 21h, no Estádio Heriberto Hulse.

No Tigre, com alguns desfalques para o confronto, o técnico Paulo Comelli ainda não decidiu a equipe que iniciará o clássico.

- Não tenho escalação definida. Só vou definir momento antes do jogo. Temos várias dúvidas, Giovanni Augusto está fora, Nirley vamos esperar uma recuperação para ver se joga ou não. Uma certeza é que o Zé Carlos volta, o restante da equipe vamos procurar analisar, ver o adversário também para daí sim definir a equipe – revelou o treinador.

Do outro lado, o técnico Hemerson Maria já decidiu a escalação, mas ainda faz mistério na formação tática da equipe.

- Tirando o Diego que começa jogando eu tenho 11 jogadores de linha. Os 10 que começaram contra o Barueri e mais o Rodrigo Thiesen que está voltando. Dentro desses onze eu posso ter alguma variação tática. Pode ser uma formação inicial e outra para mudar durante o jogo. Vamos aguardar o que o Comelli vai aprontar – avisou o técnico do Leão.

Comelli já sinalizou que pode voltar a atuar com três atacantes para essa partida, pois não poderá contar com os meias Giovanni Augusto, que está suspenso, e Válber, lesionado.

- Nós temos relacionados cinco atacantes. Gilmar, Lucca, Zé Carlos, Lins e Valdo. Vamos analisar e pensar como vai ser feito - disse o técnico do Criciúma.

O técnico do Avaí, por sua vez, está de olho no adversário e já tem uma tática pronta para qualquer mudança.

- Eu posso fazer dois meias. Se o Comelli começar com três atacantes, eu vou ter que bloquear os dois laterais. E de repente eu sacrifico um dos atacantes. A gente está preparado para essas variações – completou Hemerson Maria.

Você comentarista: