Stock Car tem seu último dia de corrida em Jacarepaguá

Autódromo será destruído em poucas semanas e irmãos Popó e Cacá Bueno disparam contra os políticos do Rio de Janeiro

Fred Sabino - 15/07/2012 - 08:36 Rio de Janeiro (RJ)

Popó Bueno no crepúsculo de Jacarepaguá, abandonado e com os dias contados (Foto: Luca Bassani)

O dia de hoje é de luto para o automobilismo no Rio de Janeiro. Em meio às máquinas de demolição que já cercam a pista, os pilotos da Stock Car fazem a última prova no Autódromo Nelson Piquet, que será desativado em poucas semanas para a construção de um centro de treinamento da Olimpíada Rio-2016. Torcedores nas redes sociais estão se mobilizando para ir à corrida de preto e os pilotos cariocas não medem palavras para criticar o fim do autódromo.

- Sentimos como se estivessem mexendo na minha casa. A gente sabe de tantas outras coisas que estão envolvidas nisso, que o esporte fica muito pequeno. São questões imobiliárias, financeiras e políticas. Fizeram um velódromo que nunca se usou e será demolido, uma piscina que não está apta para a Olimpíada - disse o carioca Popó Bueno, citando as instalações erguidas onde ficava a parte norte da pista, mutilada para o Pan de 2007.

Cacá Bueno começou a carreira em Jacarepaguá e foi ainda mais contundente nas críticas aos políticos e às promessas não cumpridas:

- Infelizmente isso não chama mais a atenção de ninguém. É tanto escândalo que ninguém liga mais. E para quem viu o traçado de Deodoro, meu sobrinho de sete anos faz igualzinho. O desenho não tem base alguma. A promessa era a de que fechariam o autódromo quando tivesse outro. Minha esperança é de que o novo autódromo saia muito caro para desviarem bastante verba.

O projeto do novo autódromo de Deodoro está empacado por uma divergência entre o prefeito Eduardo Paes e a secretaria de meio-ambiente, que quer a pista em outro terreno.

Presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Cleyton Pinteiro não está no Rio, mas na Europa, vendo uma competição.

BATE-BOLA
CACÁ BUENO
Tetracampeão da Stock Car, em entrevista ao LANCENET!

LANCENET!: Você confia na construção de uma nova pista em Deodoro?
CACÁ BUENO: Não. Loucura e promessa de político não consigo acreditar. Você vê a Cidade da Música, aquele absurdo. As promessas não só no esporte, como em saúde e educação, não são cumpridas. E agora será cumprido? Para acreditar, nem mesmo se inaugurarem, tem de ter uma corrida. A Cidade da Música foi inaugurada há anos e nada. É preciso esperar a verba, que comecem a obra, e que desviem pouco, porque vão desviar.

LNET!: Quais as lembranças que você tem de Jacarepaguá?
CB: Eu menino andava de kart e me pendurava na grade para ver os Stock Cars passarem na curva Sul. Você não acredita a dor que é para quem viveu dentro desse autódromo. Ganhei aqui em 1997 com um carro da Light na geral, fui campeão em 2007, fiz dobradinha com meu irmão. É muita dor.

Você comentarista: