Verdão perde para Ponte e segue na zona da degola

Em jogo morno, Macaca consegue marcar único gol no início do primeiro tempo, após falha de Deola e garante três pontos

LANCEPRESS! - 08/07/2012 - 20:30 Campinas (SP)

Palmeiras x Ponte (Foto: Célio Messias)

Concentrado no segundo jogo da final da Copa do Brasil, o Palmeiras viajou, neste domingo, até Campinas para enfrentar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, e perdeu, por 1 a 0, com gol de Ricardinho, ainda no início do primeiro tempo. Com o resultado, a Macaca passa para a décima colocação, com 12 pontos, enquanto o Verdão segue na zona de rebaixamento do Brasileiro, somando apenas cinco pontos em oito jogos disputados.

Com time reserva, Palmeiras perde para a Ponte Preta

Receba primeiro as notícias do Palmeiras no seu celular!

Quem foi o melhor jogador da Ponte Preta?

Quem foi o melhor jogador do Palmeiras?

O técnico Luiz Felipe Scolari poupou os titulares que enfrentarão o Coritiba na próxima quarta-feira e mandou o time reserva a campo, formado por muito garotos das categorias de base. Já a Macaca, que precisava se reabilitar no Brasileirão, conseguiu montar uma equipe forte, mesmo com os desfalques inesperados de João Paulo Silva, negociado com o Atlético-PR, e Rildo, vetado pelo departamento médico após sentir dores musculares.

A Ponte começou bem a partida, dominando todas as jogadas e fazendo a equipe alviverde trabalhar bastante. Logo aos 14 minutos da primeira etapa, Ricardinho fez linda cobrança de falta na entrada da área, batendo com força na direção do gol. O goleiro Deola ainda conseguiu pegar a bola, mas soltou e deixou ela entrar, deixando o adversário abrir o placar.

Na frente no placar, a Macaca esfriou o jogo, batendo bastante a bola. O Palmeiras ainda tentou chegar algumas vezes ao gol, mas sem sucesso. Felipão ainda teve que contar com uma baixa aos 20 minutos. Román ficou caído no gramado com a mão no rosto e não voltou mais. Em seu lugar, o treinador palmeirense teve que colocar Wellington.

O goleiro Deola ainda recebeu muitos lances de perigo da equipe pontepretana, mas ninguém marcou mais. Na volta do intervalo, o jogo esfriou completamente. Os dois times se estudaram durante mais de 15 minutos, batendo bastante a bola no meio de campo. O Verdão tentava sair para o ataque, mas a Macaca segurava bem a bola.

Aos 15 minutos do segundo tempo, o Palmeiras chegou com Maikon Leite, que tabelou com Caio, mas não conseguiu marcar e mandou para fora. No minuto seguinte, a Ponte Preta respondeu com Nikão, que driblou a marcação e mandou a bola na lateral da trave  de Deola.

Patrik ainda teve boa chance de empatar o placar para o Verdão, mas, ao receber passe de Caio, bateu a bola por cima do travessão de Edson Bastos. A partida ainda contou com a estreia do atacante Luan, na Ponte Preta, ao entrar no lugar de Nikão. No finzinho do jogo, Felipão foi expulso, aos 46 minutos, por reclamação, e desceu mais cedo para o vestiário.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Coritiba, no sábado, às 21h, novamente no Majestoso. Já o Palmeiras recebe o São Paulo, na Arena Barueri, a partir das 18h30 de domingo.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data/Hora: 08/07/2012 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Alex Alexandrino (SP)

Renda/Público: R$ 65.935,00 / 5.271 pagantes
Cartões Amarelos: Ricardinho, Edson Bastos e Gerônimo (PON); Román, Luiz Gustavo, João Denoni e Maikon Leite (PAL)
Cartões Vermelhos: -
GOL: Ricardinho, aos 15'/1ºT (1-0)

PONTE PRETA: Edson Bastos; Gerônimo, Ferrón, Thiago Alves e João Paulo; Renê Júnior, Baraka, Ricardinho, Marcinho (Somália, 24'/2ºT) e Nikão (Luan, 34'/2ºT); André Luís (Rodrigo Pimpão, 31'/2ºT). Técnico: Gilson Kleina.

PALMEIRAS: Deola; Luiz Gustavo, Leandro Amaro, Román (Wellington, 20'/1ºT) e Fernandinho; Patrik, Márcio Araújo, João Denoni e Felipe (João Arthur, 28'/2ºT); Maikon Leite e Patrick Vieira (Caio, 9'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Você comentarista: