Morre Vanessa Daya, piloto do Brasiliense de Motovelocidade

Atual campeã da categoria 'Superbike com Batom'  estava internada em estado muito grave e não resistiu ao edema cerebral após acidente na terceira etapa

LANCEPRESS! - 17/07/2013 - 16:54 São Paulo (SP)

Vanessa Daya (Foto: Reprodução/Facebook)

A piloto Vanessa Daya faleceu após não resistir ao edema cerebral que teve depois de sofrer acidente durante a disputa da terceira etapa do Campeonato Brasiliense de Motovelocidade, que aconteceu no último domingo.

Segundo a empresa "Capital Racing Motociclismo", organizadora do evento, a atual campeã da competição sofreu a queda na 7ª volta da prova, ao perder o controle de sua moto quando passou por um trecho de terra após uma tentativa de ultrapassagem. Ela caiu em uma espécie de valão no Autódromo de Brasília.

E MAIS:
> 'Tecnicamente Interlagos é uma das melhores pistas' afirma Fittipaldi

Daya passou por um procedimento cirúrgico em que foi necessária a colocação de um catéter para estabilizar a pressão intracraniana e outro para a drenagem do tórax.

Na terça-feira, os médicos suspeitaram de morte cerebral da piloto, mas após passar pelo exame que avalia as funções neurológicas do paciente, Vanessa voltou a apresentar estímulos.

O presidente da Federação de Motociclismo do Distrito Federal, Carlos Senise está com uma comissão especialista para analisar as causas e condições do acidente e logo em seguida tomar alguma providência.

Você comentarista: