Mordidos: Grupo do Grêmio queria Palmeiras já domingo

Segundo zagueiro Werley, grupo está mobilizado após derrota na Copa do Brasil, mas foca Náutico para vencer e ganhar moral

LANCEPRESS! - 15/06/2012 - 14:00 Porto Alegre (RS)

As imagens de Grêmio 0 x 2 Palmeiras (Foto: Ricardo Rímoli)

A semifinal da Copa do Brasil será apenas na quinta-feira. Mas o grupo de jogadores do Grêmio gostaria que fosse o mais perto possível, talvez até neste domingo. O 2 a 0 deixou o elenco ‘mordido’, segundo relato do zagueiro Werley, e a análise depois de esfriado a irritação é de que o resultado pode ser buscado na Arena Barueri.

Antes da decisão, porém, o Tricolor pega o Náutico, nos Aflitos, às 18h30. A vontade é de que ao invés de viajar para Recife, os jogadores rumassem para São Paulo, tamanha a indignação que brotou no vestiário gremista.

- Depois do jogo, não conversamos ainda. Mas olhar no olho do colega, você sente que todo mundo está mordido, sentindo muito a derrota. A vontade de todo mundo era que domingo fosse o segundo jogo com o Palmeiras. Mas temos que esquecer, não adianta, e pensar no Náutico, para segunda visar ao Verdão. Não adianta pensar e tomar uma porrada contra o Náutico no domingo. Temos que somar pontos e ter mais confiança – revelou o zagueiro Werley.

O discurso é de que a chave Brasileirão precisa ser ligada novamente. Com três vitórias na competição, o Grêmio está na terceira colocação da tabela, e quer se manter no topo para, finalizada a participação na Copa do Brasil, arrancar na briga pelo título.

- Consegue parar de pensar no Palmeiras sim, quando você entra em campo, esquece de tudo, só pensa no momento. O que falamos é que a torcida pode confiar, aqui tem jogadores que querem o título. Estamos trabalhando para isso – completou o defensor.

O Grêmio tem chegada prevista para Recife no final da tarde desta sexta-feira. No sábado, Luxemburgo comanda um treinamento na Ilha do Retiro, às 16h. O time será o titular no domingo.

Você comentarista: