Minas Arena rompe vínculo com parceiro na gestão do Mineirão

Empresa brasileira, responsável pela reforma do estádio, encerrou contrato com a Lusoarenas, que administraria o local

LANCEPRESS! - 29/08/2012 - 16:22 Belo Horizonte (MG)

Obras do Mineirão, em Belo Horizonte (MG) (Foto: Divulgação/FIFA)

A Minas Arena, consórcio responsável pela reforma do Estádio Mineirão, anunciou, na manhã desta terça-feira, que rompeu o seu contrato com a empresa portuguesa Lusosarena, especializada na gestão de arenas esportivas. Prometendo cumprir os prazos estipulados no início das obras no Gigante da Pampulha, a Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo em Belo Horizonte (Secopa-MG) divulgou uma nota oficial sobre o assunto.

De acordo com órgão responsável pelo evento esportivo na capital mineira, as reformas continuarão, apesar do rompimento do vínculo entre as instituições que administravam as obras do local.

Veja, abaixo, a nota completa da Secopa-MG:

"A Secretaria de Estado Extraordinária da Copa do Mundo foi comunicada nesta terça-feira que a Minas Arena, responsável pelas obras e gestão do Mineirão por 25 anos, encerrou seu contrato com a empresa que assessorava na administração do estádio. A decisão tomada não traz nenhum tipo de alteração no cronograma e planejamento de operações do estádio. O Mineirão estará preparado para proporcionar qualidade, conforto e segurança ao torcedor. A Secopa vai analisar as novas condições da operação do Mineirão que ainda serão propostas pela Minas Arena. Vale destacar que o contrato entre o Governo de Minas e a Minas Arena estabelece indicadores de desempenho para a operação do estádio".

Você comentarista: