Marcelo Oliveira comemora boa fase na Copa do Brasil

Treinador é um dos cinco que já levaram um time a duas semifinais seguidas

LANCEPRESS! - 19/06/2012 - 10:22 Curitiba (PR)

Marcelo Oliveira se diz confiante para o jogo da volta (Foto: Divulgação)

A Copa do Brasil é a competição mais democrática do futebol nacional. 64 clubes de todos os estados do país disputam o título e uma vaga na Copa Libertadores da América. A dificuldade do torneio é tamanha que, mesmo nas edições que contavam com os participantes da Libertadores - vetada no início dos anos 2000 -, nunca houve um bicampeão. A rotatividade na disputa pelo título, porém, não atingiu o Coritiba, que, após conseguir o vice-campeonato da edição de 2011, volta a figurar entre os quatro melhores. Motivo para que o comandante da equipe Marcelo Oliveira exalte o bom trabalho e o planejamento do clube.

- A Copa do Brasil é uma competição que impõe muita dificuldade a quem disputa. Primeiro por ser um torneio de mata-mata, que permite um grau de erro muito baixo e, depois, por ser uma chance de chegar à Libertadores de uma maneira mais rápida do que o Campeonato Brasileiro. Por esses motivos, acredito que é um grande feito colocar o Coritiba entre os melhores novamente. Mas isso se deve, além do esforço de todo esse grupo de jogadores e da comissão técnica, também ao planejamento e bom trabalho da diretoria, que nos dá todas as condições de fazer um trabalho de alto nível - exaltou o comandante coxa-branca.

Em 23 anos de Copa do Brasil, apenas quatro treinadores conseguiram levar a mesma equipe a pelo menos duas semifinais consecutivas: Felipão (Grêmio - 94, 95 e 96 - e Palmeiras - 98 e 99), Cuca (Botafogo - 2007 e 2008), Mano Menezes (Corinthians - 2008 e 2009) e, agora, o próprio Marcelo Oliveira.

- É gratificante entrar nesse hall de treinadores que conseguiram esse grande feito, mas quero trabalhar para dar um passo a mais nessa temporada, que é buscar o título - comentou o técnico, que já é quem mais dirigiu o Coxa na competição nacional em toda sua história: já foram 21 partidas, com um aproveitamento de 71,1% dos pontos.

Outro ponto que chama atenção no trabalho de Marcelo Oliveira, e que pode ser um trunfo na busca pela segunda final consecutiva na Copa do Brasil, é o fato de o Coxa ter 100% de aproveitamento no Couto Pereira em jogos pela competição. Mais que isso: em 10 jogos em casa, o time sofreu apenas cinco gols e venceu por dois ou mais gols de diferença oito vezes, resultados que classificariam o alviverde para a grande decisão, já que o São Paulo ganhou por 1 a 0 na partida de ida.

- O Couto Pereira tem sido uma arma importante para o nosso time. Temos feito grandes partidas dentro de casa e precisamos usar isso a nosso favor novamente. A torcida vai comparecer em peso, fará a sua festa na arquibancada e cabe a nós fazer o nosso papel dentro de campo. Tenho confiança nos jogadores que aqui estão e estou certo de que eles têm o pensamento voltado apenas para o jogo e para conseguir o resultado que nos garante a vaga na final - concluiu Marcelo.

Você comentarista: