Veja cronologia dos conflitos entre Israel e Palestina

Ainda com o futuro indefinido, Palestina é alvo de disputas desde o anúncio da criação do Estado de Israel

LANCEPRESS! - 11/03/2011 - 09:05 Rio de Janeiro (RJ)

Yasser Arafat (Foto: Divulgação)

O conflito na Palestina começou ainda na primeira metade do Século XX. A História ainda continua a ser escrita naquela conturbada região do Oriente Médio, e o seu futuro ainda é incerto quanto a criação, ou não, de um Estado palestino independente. Abaixo a cronologia dos principais momentos históricos da Palestina desde o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945. Até então a região era dominada por ingleses e franceses.

1947 - As Organizações das Nações Unidas (ONU) recomendam a partilha da Palestina em um Estado judeu (Israel) e um Estado árabe (Palestina). A cidade de Jerusalém ficaria sob administração direta da ONU.

1948 - A partilha do território não é aceita pelos árabes, que entram em conflito com os judeus. Israel declara a sua independência e os países árabes vizinhos declaram guerra ao novo país. Apoiados pelos americanos, os israelenses expandem seus territórios para além do determinado no ano anterior e ocupam Jerusalém.

1964 - Yasser Arafat cria a OLP (Organização para a Libertação da Palestina), cuja missão estatutária é destruir o Estado de Israel.

1967 - Síria, Jordânia e Egito unem forças para atacar Israel. O contra-ataque israelense é imediato e em seis dias o país reconquista a área tomada pelos árabes e ainda expandem mais ainda o seu território. Israel captura as regiões da Faixa de Gaza, Cisjordânia, Península do Sinai e Colinas de Golã.

1973 - Egito e Síria lançam mais um ataque contra Israel. A ação foi marcada para o Dia do Yom Kippur, feriado sagrado para os judeus. Mesmo assim Israel consegue repelir o ataque.

1987 - Começa a Primeira Intifada, a "guerra popular" dos árabes contra os exércitos israelenses.

1993 - Acordo de Paz de Oslo entre a OLP e Israel determina a criação da Autoridade Nacional Palestina, com o poder de governar partes da Cisjordânia e da Faixa de Gaza. Israel começa a desocupar os territórios tomados na guerra de 1967.

2001 - Ariel Sharon, primeiro ministro de Israel, anuncia a construção da Barreira da Cisjordânia. O objetivo, segundo os israelenses, dificultar os ataques terroristas palestinos. Revoltados os palestinos começam a Segunda Intifada.

2004 - Morre Yasser Arafat. A Autoridade Palestina passa a ser representada por Mahmud Abbas.

2005 - Israel começa a retirada de suas tropas da Faixa de Gaza e do Norte da Cisjordânia. Os palestinos passam a ter controle sobre Gaza, mas não sobre a Cisjordânia. O Hamas (movimento fundamentalista islâmico palestino) entra em desacordo com a Autoridade Nacional Palestina e aumentam os ataques a mísseis contra Israel.

2008 - Após um cessar-fogo, o Hamas entra em conflito com tropas israelenses. Israel responde. Em 2009 as tropas de israelenses voltam a entrar na Faixa de Gaza.

Você comentarista: