Geisa garante vaga em Londres à base de insistência

A corredora, que começou no esporte porque professores insistiram, só garantiu vaga para Londres-2012 na última chance

Felipe Lucena - 05/07/2012 - 17:02 Rio de Janeiro (RJ)

Geisa Coutinho (Foto: Divulgação/VIPCOMM)

A corredora Geisa Coutinho, medalha de bronze no revezamento 4x400m do Pan-Americano de Santo Domingo, em 2003 e no 400m em Guadalajra-2011, começou no esporte devido à insistência de seus professores de escola. Insistência faz mesmo parte da carreira da atleta. Ela disputará os Jogos de Londres-2012 no 4x100m e nos 400m rasos, mas só conseguiu a vaga durante o Troféu Brasil de Atletismo deste ano, que foi a última chance de obtenção do índice olímpico.

Ao longo deste ano, Geisa teve diversas competições para alcançar o tempo que lhe daria uma vaga na deleção olímpica. No entanto, ela não conseguia e para aumentar o drama, uma lesão no tornozelo esquerdo atrapalhava seu rendimento nas pistas.

- Tive um ano complicado, com lesões, fui para o Troféu Brasil para o tudo ou nada e graças a Deus deu certo- explicou.

Geisa vai para sua segunda Olimpíada – ela esteve nos 4x400 em Atenas, em 2004 – e em Londres, as expectativas são de uma final.

- Todo atleta tem o sonho de uma medalha olímpica. Sei que isso está difícil para mim, mas vou tentar uma final - afirmou.

Sobre o restante da delegação do atletismo brasileiro que estará em Londres este ano, Geisa falou com otimismo, porém destacou que em uma competição como Olimpíada é preciso saber lidar com a pressão.

Com 32 anos de idade, a atleta que nasceu no Rio de Janeiro, afirma que quer encerrar a carreira nos Jogos Olímpicos de 2016.

- Sou do Rio e quero sim competir na minha cidade. Pretendo parar de correr na Olimpíada do Rio - encerrou.

Você comentarista: