Rogério Ceni quer estender carreira, mas admite: 'Limite está chegando'

Goleiro exalta fim de sequência negativa e é realista com relação às chances de título

LANCEPRESS! - 18/08/2012 - 23:30 São Paulo (SP)

Veja as imagens de São Paulo x Ponte Preta - (Foto: Tom Dib)

Após duas falhas nos últimos jogos do São Paulo, o goleiro Rogério Ceni começou a ser questionado, sobretudo por conta da proximidade do fim da carreira do ídolo, hoje com 39 anos.

Depois da vitória por 3 a 0 sobre a Ponte Preta, neste sábado, na qual ele marcou um gol de pênalti, o goleiro falou sobre o seu futuro. Ele quer permanecer nos campos por mais tempo, mas admite que isso pode não acontecer. O contrato dele vai até o final deste ano.

Receba primeiro as notícias do São Paulo no seu celular!

Na volta de Lucas, São Paulo goleia a Ponte no Morumbi

- O limite está chegando e é o tempo. 90% já foi percorrido, gostaria de ficar muito mais tempo, é algo que tenho prazer e as derrotas pesam mais. O São Paulo perdeu, batem em mim, quando ganha também sou exaltado. O futebol é emotivo, tem 10 mil pessoas, num quase domingo, com coisas para fazer, mas é bacana - disse ele.

O jogador exaltou a vitória, sobretudo pelas três derrotas seguidas nos últimos jogos.

- Era uma necessidade vencer e time grande que perde duas seguidas é complicado, daí três já é morte. Jogamos bem contra Grêmio e Fluminense, mas contra o Náutico fomos mal. Mesmo em Recife, não é natural tomar tanta pressão de uma equipe de menor porte. Hoje foi uma boa vitória, dá um grande ânimo e temos um jogo importante na terça-feira. Buscar o título da Sul-Americana e seria importante pessoalmente para mim este título - analisou.

Rogério sonha com o título do Brasileiro, mas sabe que o Tricolor ainda está muito longe disso.

- O objetivo é ser campeão. Se vamos conseguir, é algo que vamos estudar dentro de um tempo. Falar de ser campeão com tantos pontos atrás é brincadeira e não posso brincar com vocês - completou.

Você comentarista: