Com calçado tamanho 47, Pezão confessa: 'É difícil encontrar sapato'

Peso-pesado do UFC fala ao LANCE!net, revela número de seu calçado e explica estratégia que usa para encontrar sapatos no seu tamanho: 'Se tem meu número na loja, garanto logo'

Luis Fernando Coutinho - 08/03/2013 - 16:55 Rio de Janeiro (RJ)

Pezão usou sua "arma" tamanho 47 na vitória contra Overeem no UFC 156 (FOTO: Divulgação/UFC)

O nome Antônio Silva pode até não fazer o torcedor reconhecer de qual lutador está sendo falado. Mas quando se fala em "Pezão", hoje em dia qualquer amante do esporte brasileiro conhece. Principalmente após a histórica vitória do brasileiro sobre Alistair Overeem por nocaute no UFC 156, que aconteceu no início de fevereiro. Se a vida de um lutador já é difícil por conta dos treinamentos duros, da profissão de alto impacto, entre outros motivos, fora do octógono também existem desafios para um atleta de MMA. No caso de Antônio Pezão, encontrar uma loja de calçados em que o mesmo encontre um tênis ou sapato de número 47, é uma verdadeira luta.

- Olha, meu "pézinho" é 47, 48 (risos). É dificil. É complicado encontrar o meu número. Tênis até consigo com mais facilidade. Já o sapato é uma tarefa mais difícil. É difícil encontrar sapato para mim - afirmou o lutador ao LNET!.

Diante da dificuldade, o lutador já está treinado para lidar com a busca muitas vezes difícil. Ele revelou sua estratégia para não perder tempo lutando para achar um calçado para seu pé.

- Tenho meu segredo. Sempre quando passo na frente de uma loja, já pergunto logo: "Ô, meu amigo, qual o maior número de sapato que você tem aí na loja?" Se ele responder que tem número 47, eu entro logo na loja e compro o sapato para ficar garantido. Não posso deixar passar qualquer oportunidade (risos) - explicou, bem humorado.

O próximo passo de Pezão no UFC está marcado para o dia 25 de maio, pelo UFC 160, em Las Vegas (EUA). O brasileiro vai disputar o cinturão dos pesos-pesados da organização contra o atual campeão, Cain Velásquez. A disputa será uma revanche, já que os dois já se enfrentaram na estreia do paraíbano no evento, em maio do ano passado, quando foi derrotado por nocaute técnico.

Você comentarista: