COI vai reexaminar amostras de prováveis dopings de Atenas-2004

O Comitê Olímpico Internacional, quer examinar, com a tecnologia atual, outra vez os dados dos Jogos de Atenas para evitar trapaças de atletas

LANCEPRESS! - 08/05/2012 - 17:21 Londres (ING)

Logotipo Londres Olimpíadas 2012

Oito anos depois, o COI vai reexaminar amostras de prováveis dopings na Olimpíada de Atenas-2004, para pegar todas as drogas que podem ter evitado a detecção em outros exames.

Com as amostras congeladas por oito anos, definidas para serem destruídas em agosto de 2012, a Comissão Médica do COI, disse, nesta terça-feira, que o organismo olímpico quer testar novamente algumas substâncias que podem ser detectadas - incluindo a insulina humana e hormônio do crescimento.

O Comitê Olímpico Internacional já avaliou as amostras de Antenas-2004 durante os Jogos Olímpicos de Inverno de Turim-2008 e os Jogos de Verão em Pequim, no mesmo ano. As amostras de Turim foram negativas, enquanto o reteste Pequim levou cinco atletas a serem pegos por dopping, ente eles, Rashid Ramzi, do Bahrein, que perdeu sua medalha de ouro nos 1.500 metros.

As amostras de doping de cada Jogos Olímpicos são armazenadas por oito anos para permitir que elas sejam novamente analisadas, uma vez novos métodos de ensaio são validados. O período de oito anos para Atenas irá expirar dia 29 de agosto, data em que os Jogos acabaram em 2004.

O pedido para o novo reteste veio depois que a Agência Mundial Antidoping enviou uma carta ao COI pedindo que as amostras sejam verificadas novamente com base no surgimento de novos métodos de ensaio desde 2004.

Você comentarista: