Bruno Uvini continua no São Paulo e busca valorização

Zagueiro, que está na Seleção Brasileira, não teve acerto com o Tottenham. Agora, precisa rever contrato com o Tricolor

Bruno Quaresma e Gabriel Saraceni - 31/05/2012 - 07:05 São Paulo (SP)

Bruno Uvini - São Paulo (Foto: Tom Dib)

O Tottenham (ING) teria até esta sexta-feira para se manifestar sobre a compra de Bruno Uvini. O zagueiro, que ficou quase quatro meses na Inglaterra, tem os direitos econômicos fixados em 3,7 milhões de euros (R$ 8,4 milhões). Apesar de ainda poder adquirir o jogador, o São Paulo não espera mais pela oferta dos ingleses e pretende contar com o jogador, que está com a Seleção Brasileira para amistosos.

Para seguir no Tricolor, Bruno quer ser valorizado. Seu contrato é antigo, com registro no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF em 22 de abril de 2009, quando ainda era das categorias de base. Em fevereiro de 2010, após ser campeão – e capitão – da Copinha, subiu para o profissional, mas não teve reajuste salarial ou prorrogação do vínculo, o que é comum nesses casos. Lucas e Casemiro, companheiros na conquista do título na base, por exemplo, tiveram os contratos revistos (veja abaixo casos semelhantes).

– Isso (renovação) não foi discutido. O Bruno tem um contrato longo (até 21 de abril de 2014) com o São Paulo, e teremos tempo para pensar. Quando voltar da Seleção, fica à disposição do treinador como todos os outros jogadores – explicou o vice de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

Ano passado, depois de ser campeão do Mundial Sub-20 com a Seleção Brasileira, o defensor teria uma conversa com a cúpula. Como chegou lesionado e pouco atuou, o clube decidiu por tentar negociá-lo. Foi quando surgiu a oportunidade de ir para fase de testes no Tottenham, onde só participou de amistosos.

Bruno recebe cerca de R$ 20 mil por mês, salário muito abaixo do que ganha a maioria dos jogadores do elenco. Seus direitos econômicos são 50% do Audax e 50% do Tricolor.

– O Tottenham nos procurou, mas com proposta que não nos interessa. Por isso, não voltará para a Inglaterra e segue aqui – afirmou o diretor de futebol Adalberto Baptista.

Titular contra o Goiás, pela Copa do Brasil, quando Leão armou o time com três zagueiros, Uvini está fora dos próximos dois jogos. Quando voltar, além de negociar um contrato novo, é reforço para a temporada.


Recentes renovações no elenco

Lucas
Mesmo com vínculo longo, renovou no início do ano passado para receber aumento. Ganha cerca de R$ 130 mil.

Casemiro
Após o Mundial Sub-20 do ano passado, pediu aumento. O clube deu, prorrogou o contrato e paga cerca de R$ 70 mil.

Luiz Eduardo e Rodrigo Caio
Pouco depois de subirem para o profissional, receberam aumento e contratos foram prorrogados. Recebem cerca de R$ 40 mil. Henrique Miranda, que deixou a base com a dupla, não teve o mesmo tratamento.

Denis
Ano passado, renovou por cinco anos e recebeu aumento. Na oportunidade, era reserva de Rogério Ceni e pouco jogava.

Você comentarista: