Bahia supera o Sport e vence a primeira no Brasileirão

Atacante Elias, estreante da tarde, e volante Fahel marcaram os gols do triunfo tricolor em Pituaçu

LANCEPRESS! - 17/06/2012 - 17:59 Salvador (BA)

Gol do Elias - Bahia x Sport (Foto: Romildo de Jesus)

A tão sonhada primeira vitória no Campeonato Brasileiro finalmente veio. Na tarde deste domingo, atuando diante da sua torcida, em Pituaçu, o Bahia derrotou o Sport, por 2 a 1, em duelo válido pela quinta rodada da competição. Fahel, aos 41 minutos da etapa final, garantiu o triunfo tricolor.

Com a vitória, o Tricolor baiano soma agora cinco pontos e ocupa, momentaneamente, a 12ª posição, logo atrás do Sport, também com cinco pontos.

MAIS:
> Quem foi o melhor do Bahia na vitória sobre o Sport?
> Quem foi o melhor do Sport na derrota para o Bahia?
> Sport lamenta gols perdidos e credita derrota a 'detalhe'

O Bahia volta a atuar no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, dia 24, quando visitará o Figueirense, no Orlando Scarpelli, às 16h. Já o Sport entra em campo no mesmo dia, contra o Internacional, na Ilha do Retiro, às 18h30.

NÚMEROS

O duelo deste domingo foi o de número 21 entre as duas equipes na Série A do Campeonato Brasileiro. O Bahia soma dez vitórias contra quatro do Sport. Aconteceram sete igualdades no confronto. Os dois times não se enfrentavam na primeira divisão desde 2001, quando Nonato marcou o gol do Bahia na vitória de 1 a 0, em plena Ilha do Retiro.

O Bahia não vencia nesta temporada desde o dia 10 de maio, quando os comandados de Falcão derrotaram a Portuguesa, por 2 a 0, pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. Desde então, foram sete jogos, com três empates e quatro derrotas. Neste período, graças a duas igualdades, o Bahia conquistou o Campeonato Baiano diante do Vitória.

O JOGO

Com a necessidade de conquistar a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro e amenizar as críticas ao trabalho de Paulo Roberto Falcão, o Bahia tratou de adiantar a sua marcação e, graças aos seus três atacantes - Jones, Elias e Júnior -, pressionou o Sport nos primeiros minutos do duelo em Pituaçu.

Sem encontrar muita resistência por parte da marcação do Sport, o Bahia criou duas oportunidades de gol em menos de dez minutos. Júnior e Magno finalizaram sem marcação, mas erraram o alvo. Eis que aos 14 minutos, Elias - que estreou pelo Bahia neste domingo -, em impedimento não assinalado pela arbitragem, recebeu de Magno e, sem marcação, só teve o trabalho de tirar do alcance de Magrão. Bahia 1 a 0, e beijinho do atacante na cabeça de Falcão na celebração.

A partir dos 30 minutos, um festival de passes errados pôde ser visto em Pituaçu. Tanto o Bahia, melhor postado em campo até o momento, quanto o Sport abusaram do direito de errar na hora de buscar o ataque. Com isso, o jogo ficou truncado no meio de campo e a emoção veio apenas nos minutos finais.

O Sport foi crescendo de produção, encontrou os espaços que antes não existiam e fez por merecer o empate. Aos 39, após escanteio, Bruno Rodrigo cabeceou com muito perigo à direita de Lomba. Já aos 43, foi a vez de Thiaguinho finalizar à esquerda do camisa 1 do Bahia. Mais efetivo, o Bahia foi para o intervalo em vantagem.

SEGUNDO TEMPO

O Sport voltou com Willians na vaga do inoperante Thiaguinho, mas a mudança não surtiu o efeito desejado pelo técnico Vágner Mancini. O Leão continuou pecando demasiadamente na hora de concluir, como no lance em que Felipe Azevedo, logo aos dois minutos, furou na pequena área ao tentar a finalização de frente para Lomba.

Insatisfeito com a postura do Bahia, que não apresentava a volúpia ofensiva do início da primeira etapa, Falcão resolveu trabalhar. Magno e Jones deixaram o jogo para as entradas de Hélder e Vander. Tudo para dar mais consisitência ofensiva ao meio de campo tricolor.

Quando a tendência era por uma melhora do Bahia, o Sport foi fatal. Cruzamento perfeito de Rivaldo pela esquerda e conclusão de puro oportunismo do zagueiro Bruno Aguiar, que em uma espécie de voleio deixou tudo igual, aos 24 minutos.

Ciente da necessidade da vitória, o Bahia não desistiu e, na base da vontade, chegou ao segundo gol. Após cruzamento de Fabinho, improvisado na lateral direita, o volante Fahel cabeceou sem chances para Magrão e garantiu o triunfo tricolor, aos 41 minutos. Foi o segundo gol dele no Brasileirão, o que lhe garante como o artilheiro do Bahia na competição

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 X 1 SPORT

Local: Estádio Governador Roberto Santos (Pituaçu), Salvador (BA)
Data/hora: 17/6/2012 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Cerreta de Lima (SP)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto (SP) e Anderson J. Moraes Coelho (SP)
Renda/Público: Não divulgados.
Cartões amarelos: Titi (BAH); Willians, Tobi e Rithelly (SPT)
Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Elias, 14'/1°T(1-0), Bruno Aguiar, 24'/2°T(1-1) e Fahel, 41'/2°T(2-1).

BAHIA: Marcelo Lomba; Fabinho, Danny Morais, Titi e Ávine; Fahel, Diones e Magno (Hélder, 14'/2°T); Jones (Vander, 14'/2°T), Júnior e Elias (Lulinha, 25'/2T) – Técnico: Paulo Roberto Falcão.

SPORT: Magrão; Renato (Reinaldo, 17/2°T), Bruno Aguiar, Edcarlos e Rivaldo; Rithelly, Tobi, Marquinhos Paraná (Renê, 35'/2°T) e Thiaguinho (Willians, intervalo); Marquinhos Gabriel e Felipe Azevedo – Técnico: Vágner Mancini.

Você comentarista: