Atlético-MG cogita mandar clássicos mineiros na Arena Independência

Com mando de campo atleticano, divisão das torcidas poderá ser de 90% para os alvinegros

Enrico Bruno - 16/01/2013 - 12:33 Belo Horizonte (MG)

Estádio Independência poderá ter nova arquibancada (Foto: Divulgação)

O clássico do dia 3, e até os futuros dérbis mineiros ainda seguem rendendo polêmicas. Após a reunião desta última terça-feira, ficou decidido que o clássico de reabertura do novo Mineirão será disputado com as duas torcidas. O governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia, deixou claro que não haverá mais torcida única em qualquer clássico entre Galo e Raposa no estado. Inpedendente do estádio, todos os jogos entre as equipes terão as duas torcidas.

- A partir de agora, em todos os estádios de Minas Gerais, teremos torcidas dos dois clubes. Portanto, no dia 3 de fevereiro, o estádio será dividido - falou Anastasia, após o encontro com os presidentes de Cruzeiro e Atlético-MG.

Contudo, a decisão de ter 50% de torcida para cada lado ainda deixa dúvidas quanto às possíveis partidas disputadas fora do Mineirão. Pelo menos por parte do Atlético-MG, a diretoria vê com bons olhos a oportunidade de jogar o clássico na Arena Independência, quando o mando de campo for do Galo.

Neste caso, a divisão das torcidas não seria feita nos moldes do primeiro clássico no Mineirão, mas em esquema semelhante ao utilizado no Rio Grande do Sul. A assessoria do Atlético-MG confirmou que em jogos no Independência, o estádio terá 90% dos lugares destinados aos atleticanos e somente 10% para os visitantes cruzeirenses. A possibilidade chegou a ser validada, também, pelo secretário extraordinário da Copa do Mundo, Thiago Lacerda.

- O governo está garantindo segurança para os torcedores em todos os estádios de Minas Gerais. A partir de agora, em qualquer local, teremos duas torcidas, mesmo que com 10% de torcida visitante, como é feito em partidas que não sejam clássicos - falou Lacerda.

Como a Polícia Militar de Minas Gerais garantiu a segurança para as duas torcidas, a ideia do Galo mandar os clássicos no Independência poderá ganhar cada vez mais força para os dirigentes atleticanos. O possível clássico com mando de campo alvinegro poderá acontecer em uma eventual semi final ou final do Campeonato Mineiro de 2013. No estadual de 2014, o Galo também será o mandante no clássico da primeira fase.

Você comentarista: