Arsenal de Sarandí é campeão argentino

Foi a primeira vez que a equipe conquistou o título nacional. San Lorenzo vence e irá disputar a repescagem contra a queda

LANCEPRESS! - 24/06/2012 - 18:00 Buenos Aires (ARG)

O Arsenal de Sarandí sagrou-se neste domingo campeão argentino pela primeira vez. O clube, que foi fundado pelo presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, e está na elite desde 2002, derrotou o Belgrano por 1 a 0, em Sarandí, e conquistou o Torneio Clausura. O gol do título histórico foi marcado por Lisandro López, aos 27 minutos do segundo tempo.

O Tigre, que chegou à última rodada com o mesmo número de pontos do Arsenal, ficou no empate com o Independiente em 2 a 2, em Victória. Se não foi suficiente para dar o título, o empate serviu para salvar o Matador do rebaixamento. Luna abriu o placar para o Tigre, mas a virada do Independiente chegou com dois tentos de Rodríguez. Faltando dez minutos para o fim do jogo Morales, de pênalti, deixou tudo igual.

Com remotas chances de conquistar o título, o Boca Juniors foi até o bairro de Floresta, em Buenos Aires, com um time reserva e perdeu para o All Boys por 3 a 1. Os três gols dos Albos foram marcados por Perea, com Sauro descontando no último minuto para os Xeneizes.

A luta contra o descenso também foi emocionante. Em situação dramática, na zona de rebaixamento direto, o San Lorenzo precisava de uma vitória sobre o San Martín de San Juan e uma combinação de resultados. Conseguiu. Jogando no Nuevo Gasómetro, o Cuervo venceu por 3 a 1, com dois gols do uruguaio Bueno e outro de Kanneman. Caprari descontou para o San Martín.

Como o Banfield acabou derrotado pelo Colón por 3 a 0, tanto San Lorenzo quanto San Martín irão disputar a repescagem para tentar a permanência na Primeira Divisão. O San Lorenzo enfrenta o Instituto de Córdoba, enquanto o San Martín pega o Rosario Central.

Quanto ao Banfield, a equipe se juntou ao Olimpo na queda direta para a Segunda Divisão. O Taladro perdeu para o Colón com gols de Prediger e dois de Fuertes. A partida, que foi disputada no Estádio Florencio Sola, em Banfield, não chegou ao fim. Distúrbios dentro da torcida do time da casa fizeram o árbitro Federico Beligoy encerrar o jogo aos 38 minutos do segundo tempo.

O Atlético Rafaela, que também lutava contra o descenso, fez a sua parte e bateu o Godoy Cruz, em Mendoza, por 3 a 1. Gols de Fontanini, Carrera e Castro para os visitantes, e de Ramírez para o time da casa.

Torneio Clausura (19ª rodada)

Sexta-feira (22/06)

Olimpo 0 x 0 Argentinos Juniors
Newell's Old Boys 0 x 0 Lanús

Sábado (23/06)

Racing 1 x 2 Vélez Sarsfield

Domingo (24/06)

San Lorenzo 3 x 1 San Martín de San Juan
Unión 2 x 2 Estudiantes
All Boys 3 x 1 Boca Juniors
Banfield 0 x 3 Colón
Godoy Cruz 1 x 3 Atlético Rafaela
Tigre 2 x 2 Independiente
Arsenal de Sarandí 1 x 0 Belgrano

Você comentarista: