Saladino mira medalha após lesão e triunfo em Mônaco

Panamenho é atual campeão olímpico do salto em distância e operou joelho esquerdo recentemente

Paulo Roberto Conde - 21/07/2012 - 19:14 Enviado especial a Mônaco

Atual campeão olímpico do salto em distância, o panamenho Irving Saladino ganhou confiança extra para tentar o bicampeonato nos Jogos de Londres, que terão início na próxima sexta-feira. Após um ciclo olímpico ruim e com lesões, o saltador venceu nesta sexta a etapa de Mônaco da Liga de Diamante, com a marca de 8,16m.

Saladino se disse satisfeito com o resultado, ainda mais porque no início desta temporada operou o joelho esquerdo. Ele detém um recorde pessoal de 8,73m e ainda está longe dele, mas acredita que está bem posicionado para brigar por medalhas.

- Meu objetivo é me classificar para a final olímpica. Estando nela e conseguindo saltar acima de 8,40m, tudo pode acontecer - disse o panamenho ao LANCENET!.

Saladino morou durante três anos no Brasil, onde treinou sob o comando de Nelio Moura. Neste período, sagrou-se campeão mundial em Osaka-2007 e, é claro, ouro olímpico em Pequim-2008.

Logo após os Jogos da China, porém, o saltador optou por retornar ao Panamá, onde é ídolo nacional.

- Foi um ciclo difícil, cheio de lesões, mas estou me sentindo bem e saltando bem. Vou torcer para que Londres me dê sorte - disse.

O certo é que Saladino sabe o que fará depois dos Jogos de 2012. Ele programa uma visita ao Brasil para reencontrar os amigos e desfrutar.

- Ainda tenho muitos amigos no Brasil e vou vê-los. O Duda (Mauro Vinícius da Silva, que foi quarto no salto em Mônaco) é meu chapa, estamos sempre juntos - afirmou ele, em bom português. 

Você comentarista: