Murray bate Isner e espera Nadal na semifinal

Escocês venceu por 3 sets a 1 no US Open

TÊNISNEWS - 09/09/2011 - 17:17 Nova York (EUA)

Andy Murray (Foto: Jason Szenes/EFE)

Andy Murray, número quatro do mundo, confirmou o favoritismo, mas não teve vida fácil para alcançar a fase semifinal do US Open, nesta sexta-feira. O escocês derrubou o gigante John Isner, 22º colocado e tenista de 2,06m.

Murray precisou de 3h24min debaixo de calor - após seguidos dias de chuva - no Arthur Ashe Stadium, quadra principal do torneio de Nova York, para marcar 7-5, 6-4, 3-6 e 7-6 (7-2). 

Murray terá a chance de disputar sua segunda final no US Open repetindo 2008 - foi vice diante de Roger Federer. Na ocasião derrotou Rafael Nadal na semi, tenista que pode ser seu rival também na penúltima fase neste sábado. Basta que o número dois derrube Andy Roddick ainda hoje. 

Lembrando que o natural de Dunblane corre atrás de seu primeiro título de Major. Isner não sai de cabeça baixa já que teve seu melhor resultado neste tipo de evento. 

O jogo começou com Isner melhor, conseguindo vários aces graças à potência do saque para se manter na frente durante quase todo o primeiro set. Mas após seu quinto game, o americano começou a errar sucessivamente, especialmente na recepção dos saques de Murray, e cedeu um break-point ao rival. Mais confiante, o britânico passou a comandar as ações e fechou o game em 7-5, após três bolas na rede seguidas do adversário. 

Na segunda etapa uma quebra no início foi decisiva pro europeu que foi se mantendo na frente até o final. No terceiro set Isner acertou mais bolas do fundo e colheu uma quebra no início. Abriu 3-0 e foi sustentando a ponto até o fim com 6-3. 

Na quarta etapa o público participou mais e vibrou com o alto nível de tênis principalmente com o tenista da casa que chegou a ter dois breaks. Mas Andy se safou com bom serviço e um lance de mágica. Um saque na linha e um voleio no meio da quadra que entrou de forma sensacional. No tie-break Isner errou bastante e Murray aproveitou para marcar 7-6 (7-2).

Você comentarista: