Dores no pé preocupam Nenê para Londres

Após ser poupado em amistosos, jogador diz que jogará Olimpíada sem estar 100% saudável

- 10/07/2012 - 14:54 Fábio Aleixo, enviado especial a Foz do Iguaçu (PR)

Nenê - Treino da Seleção de Basquete (Foto: Jorge Aguiar)

A fascite plantar do pé esquerdo que tirou o pivô Nenê de vários jogos da temporada da NBA pode também ser uma preocupação para a Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres (GBR).

Por causa da lesão, o jogador foi poupado dos dois jogos que o Brasil fez na semana passada no torneio Super 4 de Buenos Aires.

- Os treinos estavam bastante puxados. Com muito impacto, o músculo começou a doer de novo. Não tinha como fazer os movimentos e poderia piorar um pouco mais. Então, falei com o Rubén (Magnano) e com o departamento médico, eles optaram por poupar - disse o pivô, após treino em Foz do Iguaçu.

A Seleção disputa nesta semana um torneio Super 4 na cidade paranaense e Nenê já deverá ficar à disposição para a estreia na competição amistosa, nesta quarta-feira, contra a Espanha B, às 20h (de Brasília).

O jogador, entretanto, admite que não é possível saber como as dores evoluirão ao longo dos próximos dias, até a estreia nos Jogos Olímpicos, contra a Austrália, em 29 de julho.

_ Não tem como saber o que pode acontecer no futuro. Mas estamos fazendo o que é possível, tratando com fisioterapia. Ao longo dos treinos e dos jogos, veremos como vou me sentindo. Sou o único que posso saber como está o corpo. Em Londres não vou estar me sentindo fresh (fresco) e 100% saudável. A Olimpíada será no sacrifício, mas jogarei se tiver aquela dor tolerável, não uma intolerável - disse o pivô.

O repórter viaja a convite da Confederação Brasileira de Basquete

Você comentarista: