Com tranquilidade, Brasil vence Argentina e vai pegar Itália na semi

Seleção masculina de vôlei faz 3 sets a 0 nos hermanos e está entre as quatro melhores nos Jogos Olímpicos de Londres

LANCEPRESS! - 08/08/2012 - 11:20 Londres (ING)

Wallace - Brasil x Argentina - Vôlei masculino (Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP)

Sem sustos, a Seleção Brasileira masculina de vôlei superou a Argentina e garantiu a classificação para a semifinal dos Jogos Olímpicos de Londres. O time se impôs desde o início e levou a melhor por 3 sets a 0, parciais de 25-19, 25-17 e 25-20, nesta quarta-feira.

Agora, o Brasil encara na sexta-feira, às 15h30 (horário de Brasília), a Itália, que venceu os Estados Unidos pelo mesmo placar.

E MAIS:
> Bernardinho: 'Espero que possamos continuar nesse caminho'

O primeiro set começou disputado ponto a ponto, sem o Brasil perder a liderança no placar. Os argentinos marcavam bem Vissotto, que não conseguia virar as bolas. Os rivais tinham em Quiroga sua principal arma. Atacando pela esquerda, ele fez três dos primeiros sete pontos dos hermanos.

BLOG SAQUE: 'Os deuses estão do nosso lado?'

Com bloqueio de Sidão, o Brasil começou a abrir vantagem e fez 11 a 7 após lance de Murilo. Bruninho enganou a marcação e com bola de segunda aproximou os brasileiros da vitória no primeiro set ao fazer 20 a 12. No fim, Vissotto caiu depois de ataque na ponta e teve de deixar a quadra mancando, sendo substituído por Wallace. Os argentinos começaram a forçar o saque e deram o set point para os brasileiros, que confirmaram a vitória por 25 a 19.

A segunda etapa teve novamente um início equilibrado. A Argentina voltou a acionar Quiroga e assumiu a liderança no placar pela primeira vez no jogo, no 7 a 6. Desconcentrado nos saques, o Brasil facilitou a vida dos adversários com cinco erros no fundamento e não conseguiu criar uma larga diferença no meio do set.

Murilo atacou pelo meio e abriu cinco pontos de vantagem para os brasileiros, obrigando o técnico argentino Javier Weber a pedir tempo. Mesmo com a instrução do treinador, eles não conseguiram segurar o Brasil. Wallace pontuou com bola no corredor e Sidão acertou um ace para fechar o segundo set em 25 a 17.

A Argentina tentou recuperar o prejuízo no set final e manteve a estratégia de forçar o saque. Além disso, as bolas pelo centro passaram a ser constantes. A tática dificultou a recepção brasileira, que passou a dar o passe quebrado. O jogo chegou empatado no 16 a 16, quando o Brasil abriu dois pontos e conseguiu segurar a vantagem até o fim, liderando a parcial por 25 a 20 e garantindo a vitória por 3 sets a 0.

* Atualizado às 13h44

Você comentarista: