Lancenet!

Nome: Usain St. Leo Bolt
Nascimento: 21 de agosto de 1986, em Trelawny, Jamaica
Modalidade: Atletismo (100m, 200m e revezamento 4x100m)

Usain Bolt

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
O atleta jamaicano é simplesmente o corredor a ser batido nesta olimpíada. Atual detentor dos recordes mundiais nos 100m, 200m e no revezamento 4x100m juntamente com a equipe jamaicana, Bolt já se firmou como uma lenda viva do esporte. Além do desempenho olímpico excepcional, o corredor é bicampeão mundial nos 200m e no revezamento 4x100m, conquistados em Berlim (ALE) e Daegu (CDS), respectivamente. Porém, o ponto baixo ficou por conta de seu desempenho nos 100m: Bolt queimou a largada duas vezes e foi desclassificado do mundial sul-coreano, vendo a medalha de ouro ser conquistada pelo compatriota Yohan Blake.




Nome: James Magnussen
Nascimento: 11 de abril de 1991, em Nova Gales do Sul, Austrália
Modalidade: Natação (100m e revezamento 4x100m)

James Magnussen

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
Campeão mundial dos 100m e do revezamento 4x100m no Mundial de Xangai (CHN) no ano passado, Magnussen não para de assombrar o mundo da natação e se firma de vez como o maior rival de Cesar Cielo nos Jogos de Londres. Na seletiva australiana, o nadador venceu os 100m livres com a marca de 47s10, 19 centésimos abaixo do recorde mundial do brasileiro. É a quinta melhor marca na história dos 100m, e a única entre as cinco obtida sem o uso de trajes tecnológicos.




Nome: Yelena Gadschiyevna Isinbayeva
Nascimento: 3 de junho de 1982, em Volgogrado, Rússia
Modalidade: Atletismo (Salto com vara)

Yelena Gadschiyevna Isinbayeva

Porque acompanhá-la em Londres-2012:
A russa, atual bicampeã olímpica e mundial, é a maior rival da brasileira Fabiana Murer na modalidade, além de ser a recordista mundial com a marca de 5,06m. Recorde, aliás, é com ela mesmo: a russa quebrou nada menos do que 28 recordes. O treinador da musa é Vitaly Petrov, ex-mentor do recordista mundial, o ucraniano Sergei Bubka.





Nome: Robert Scheidt
Nascimento: 15 de abril de 1973, em São Paulo, Brasil
Modalidade: Iatismo (Classe Star)

Robert Scheidt

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
O currículo de Scheidt é impressionante. O velejador é nada menos do que octacampeão mundial da Classe Laser, bicampeão olímpico também na Classe Laser e bicampeão da Classe Star (ao lado de Bruno Prada, com quem competirá em Londres). Caso conquiste o ouro na Olimpíada de 2012, Scheidt se tornará o único tricampeão olímpico do país, cravando de vez seu nome na história do esporte brasileiro.



Nome: Seleção Brasileira masculina
Nascimento: O primeiro jogo disputado foi no Campeonato Sul-Americano de 1951, realizado no Brasil
Modalidade: Vôlei

Seleção Brasileira de Volêi

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
Com um elenco recheado de estrelas, a Seleção Brasileira masculina de vôlei é a atual líder do ranking mundial e uma das mais fortes do planeta. Favorita para o ouro nos Jogos de 2012, o Brasil contabiliza 9 títulos na Liga Mundial, três títulos na Copa dos Campeões, dois títulos na Copa do Mundo, três títulos do Campeonato Mundial, dois ouros olímpicos, quatro Pan-Americanos e 28 sul-americanos. Quer mais motivos para torcer por este time em Londres-2012?



Nome: Fabiana de Almeida Murer
Nascimento: 16 de março de 1981, em Campinas, Brasil
Modalidade: Atletismo (Salto com vara)

Fabiana de Almeida Murer

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
Atual campeã e recordista sul-americana, a brasileira sagrou-se campeã mundial em Daegu (CDS) em 2011, e campeã mundial indoor em Doha (QAT), em 2010. Principal rival da russa Yelena Isinbayeva, Fabiana vai com tudo para surpreender a campeã na Olimpíada de 2012.







Nome: Yannick Agnel
Nascimento: 9 de junho de 1992, em Nîmes, França
Modalidade:Natação (100m, 200m, 400m, revezamento 4x100m e revezamento 4x200m)

Yannick Agnel

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
Agnel, com 19 anos, disputará sua primeira Olimpíada com um retrospecto mais do que respeitável: ele venceu as seletivas francesas para os Jogos desbancando ninguém menos do que Alain Bernard E Frederick Bousquet, dois dos principais rivais de Cesar Cielo nos 100m.






Nome: Seleção Brasileira feminina
Nascimento: O primeiro jogo disputado foi no dia 22 de julho de 1986
Modalidade: Futebol

Seleção Brasileira feminina

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
A equipe de futebol feminino precisará de todo e qualquer apoio, mais do que nunca. Após dois vice-campeonatos olímpicos, é hora da "urucubaca" sair na Olimpíada deste ano. A arma principal é Marta, camisa 10 e eleita pela Fifa a melhor jogadora do mundo por cinco vezes consecutivas (2006, 2007, 2008, 2009, 2010). Portanto, junte-se à nação verde e amarela e cruze os dedos, principalmente se houverem confrontos diante de Alemanha e Estados Unidos.



Nome: Augusto Cielo Filho
Nascimento: 10 de janeiro de 1987, em Santa Bárbara d'Oeste, Brasil
Modalidade:Natação (50m, 100m e revezamento 4x100m)

Augusto Cielo Filho

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
O nadador brasileiro é uma das maiores esperanças de ouro para o país. Campeão nos 50m livre em Pequim-2008 e bronze nos 100m na mesma Olimpíada, Cielo garantiu o domínio no Mundial de Roma em 2009, quando ganhou o ouro nas duas provas. Como se isso não bastasse, o brazuca ainda é o recordista mundial dessas provas. O desafio em Londres é se manter no topo sem o auxílio dos maiôs tecnológicos.



Nome: Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer
Nascimento:
22 de maio de 1987, em Belgrado, Sérvia (Djokovic); 3 de junho de 1986, em Manacor, Espanha (Nadal) e 8 de agosto de 1981, em Basiléia, Suíça (Federer).
Modalidade: Tênis

Principais Tenistas

Porque acompanhá-lo em Londres-2012:
A briga no ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) promete se repetir nos Jogos. Djokovic, atual líder, por ironia do destino é o único do trio que não se sagrou campeão olímpico. Em Pequim-2008, Nadal ganhou o ouro no simples e Federer, ao lado de Stanislas Wawrinka, levou o título nas duplas. O sérvio quer manter a excelente fase também em Londres, enquanto o espanhol e o suíço querem mais uma medalha de ouro na principal competição esportiva do mundo.

 



















Pos País Critério L! Ouro Prata Bronze Total
1 Estados Unidos 225 46 29 29 104
2 China 190 38 27 22 87
3 Rússia 155 24 25 33 82
4 Reino Unido 140 29 17 19 65
5 Alemanha 85 11 19 14 44
6 França 67 11 11 12 34
7 Japão 66 7 14 17 38
8 Austrália 65 7 16 12 35
9 Coreia do Sul 62 13 8 7 28
10 Itália 53 8 9 11 28
11 Holanda 38 6 6 8 20
12 Hungria 37 8 4 5 17
13 Ucrânia 37 6 5 9 20
14 Espanha 33 3 10 4 17
15 Cazaquistão 28 7 1 5 13
16 Brasil 28 3 5 9 17
17 Cuba 27 5 3 6 14
18 Nova Zelândia 26 5 3 5 13
19 Irã 25 4 5 3 12
20 Canadá 25 1 5 12 18
21 Jamaica 24 4 4 4 12
22 Bielorrússia 24 3 5 5 13
23 República Tcheca 21 4 3 3 10
24 Quênia 19 2 4 5 11
25 Romênia 18 2 5 2 9
26 Dinamarca 17 2 4 3 9
27 Azerbaijão 16 2 2 6 10
27 Polônia 16 2 2 6 10
29 Coreia do Norte 14 4 0 2 6
30 África do Sul 14 3 2 1 6
31 Etiópia 14 3 1 3 7
32 Suécia 14 1 4 3 8
33 Croácia 13 3 1 2 6
34 Colômbia 13 1 3 4 8
35 Geórgia 12 1 3 3 7
35 México 12 1 3 3 7
37 Turquia 11 2 2 1 5
38 Suíça 10 2 2 0 4
39 Lituânia 10 2 1 2 5
40 Noruega 9 2 1 1 4
41 Irlanda 8 1 1 3 5
42 Índia 8 0 2 4 6
43 Argentina 7 1 1 2 4
43 Eslovênia 7 1 1 2 4
43 Sérvia 7 1 1 2 4
46 Mongólia 7 0 2 3 5
47 Tunísia 6 1 1 1 3
48 Trinidad e Tobago 6 1 0 3 4
48 Uzbequistão 6 1 0 3 4
50 República Dominicana 5 1 1 0 2
51 Tailândia 5 0 2 1 3
52 Eslováquia 5 0 1 3 4
53 Letônia 4 1 0 1 2
54 Egito 4 0 2 0 2
55 Armênia 4 0 1 2 3
55 Bélgica 4 0 1 2 3
55 Finlândia 4 0 1 2 3
58 Argélia 3 1 0 0 1
58 Bahamas 3 1 0 0 1
58 Granada 3 1 0 0 1
58 Uganda 3 1 0 0 1
58 Venezuela 3 1 0 0 1
63 Bulgária 3 0 1 1 2
63 Estônia 3 0 1 1 2
63 Indonésia 3 0 1 1 2
63 Malásia 3 0 1 1 2
63 Porto Rico 3 0 1 1 2
63 Taiwan 3 0 1 1 2
69 Botsuana 2 0 1 0 1
69 Chipre 2 0 1 0 1
69 Gabão 2 0 1 0 1
69 Guatemala 2 0 1 0 1
69 Montenegro 2 0 1 0 1
69 Portugal 2 0 1 0 1
75 Cingapura 2 0 0 2 2
75 Grécia 2 0 0 2 2
75 Moldova 2 0 0 2 2
75 Qatar 2 0 0 2 2
79 Afeganistão 1 0 0 1 1
79 Arábia Saudita 1 0 0 1 1
79 Bahrein 1 0 0 1 1
79 Hong Kong 1 0 0 1 1
79 Kuwait 1 0 0 1 1
79 Marrocos 1 0 0 1 1
79 Tadjiquistão 1 0 0 1 1
86 Albânia 0 0 0 0 0
86 Andorra 0 0 0 0 0
86 Angola 0 0 0 0 0
86 Antígua e Barbuda 0 0 0 0 0
86 Aruba 0 0 0 0 0
86 Áustria 0 0 0 0 0
86 Bangladesh 0 0 0 0 0
86 Barbados 0 0 0 0 0
86 Belize 0 0 0 0 0
86 Benin 0 0 0 0 0
86 Bermudas 0 0 0 0 0
86 Bolívia 0 0 0 0 0
86 Bósnia e Herzegovina 0 0 0 0 0
86 Brunei 0 0 0 0 0
86 Burkina Faso 0 0 0 0 0
86 Burundi 0 0 0 0 0
86 Butão 0 0 0 0 0
86 Cabo Verde 0 0 0 0 0
86 Camarões 0 0 0 0 0
86 Camboja 0 0 0 0 0
86 Chade 0 0 0 0 0
86 Chile 0 0 0 0 0
86 Comores 0 0 0 0 0
86 Congo 0 0 0 0 0
86 Costa do Marfim 0 0 0 0 0
86 Costa Rica 0 0 0 0 0
86 Djibuti 0 0 0 0 0
86 Dominica 0 0 0 0 0
86 El Salvador 0 0 0 0 0
86 Emirados Árabes Unidos 0 0 0 0 0
86 Equador 0 0 0 0 0
86 Eritreia 0 0 0 0 0
86 Fiji 0 0 0 0 0
86 Filipinas 0 0 0 0 0
86 Gâmbia 0 0 0 0 0
86 Gana 0 0 0 0 0
86 Guam 0 0 0 0 0
86 Guiana 0 0 0 0 0
86 Guiné 0 0 0 0 0
86 Guiné Equatorial 0 0 0 0 0
86 Guiné-Bissau 0 0 0 0 0
86 Haiti 0 0 0 0 0
86 Honduras 0 0 0 0 0
86 Iêmen 0 0 0 0 0
86 Ilhas Cayman 0 0 0 0 0
86 Ilhas Cook 0 0 0 0 0
86 Ilhas Marshall 0 0 0 0 0
86 Ilhas Salomão 0 0 0 0 0
86 Ilhas Virgens Americanas 0 0 0 0 0
86 Ilhas Virgens Britânicas 0 0 0 0 0
86 Iraque 0 0 0 0 0
86 Islândia 0 0 0 0 0
86 Israel 0 0 0 0 0
86 Jordânia 0 0 0 0 0
86 Kiribati 0 0 0 0 0
86 Laos 0 0 0 0 0
86 Lesoto 0 0 0 0 0
86 Líbano 0 0 0 0 0
86 Libéria 0 0 0 0 0
86 Líbia 0 0 0 0 0
86 Liechtenstein 0 0 0 0 0
86 Luxemburgo 0 0 0 0 0
86 Macedônia 0 0 0 0 0
86 Madagascar 0 0 0 0 0
86 Malauí 0 0 0 0 0
86 Maldivas 0 0 0 0 0
86 Mali 0 0 0 0 0
86 Malta 0 0 0 0 0
86 Maurício 0 0 0 0 0
86 Mauritânia 0 0 0 0 0
86 Mianmar 0 0 0 0 0
86 Micronésia 0 0 0 0 0
86 Moçambique 0 0 0 0 0
86 Mónaco 0 0 0 0 0
86 Namíbia 0 0 0 0 0
86 Nauru 0 0 0 0 0
86 Nepal 0 0 0 0 0
86 Nicarágua 0 0 0 0 0
86 Níger 0 0 0 0 0
86 Nigéria 0 0 0 0 0
86 Omã 0 0 0 0 0
86 Palau 0 0 0 0 0
86 Palestina 0 0 0 0 0
86 Panamá 0 0 0 0 0
86 Papua-Nova Guiné 0 0 0 0 0
86 Paquistão 0 0 0 0 0
86 Paraguai 0 0 0 0 0
86 Peru 0 0 0 0 0
86 Quirguistão 0 0 0 0 0
86 RD Congo 0 0 0 0 0
86 República Centro-Africana 0 0 0 0 0
86 Ruanda 0 0 0 0 0
86 Samoa 0 0 0 0 0
86 Samoa Americana 0 0 0 0 0
86 San Marino 0 0 0 0 0
86 Santa Lúcia 0 0 0 0 0
86 São Cristóvão e Névis 0 0 0 0 0
86 São Tomé e Príncipe 0 0 0 0 0
86 São Vicente e Granadinas 0 0 0 0 0
86 Senegal 0 0 0 0 0
86 Serra Leoa 0 0 0 0 0
86 Seychelles 0 0 0 0 0
86 Síria 0 0 0 0 0
86 Somália 0 0 0 0 0
86 Sri Lanka 0 0 0 0 0
86 Suazilândia 0 0 0 0 0
86 Sudão 0 0 0 0 0
86 Suriname 0 0 0 0 0
86 Tanzânia 0 0 0 0 0
86 Timor-Leste 0 0 0 0 0
86 Togo 0 0 0 0 0
86 Tonga 0 0 0 0 0
86 Turcomenistão 0 0 0 0 0
86 Tuvalu 0 0 0 0 0
86 Uruguai 0 0 0 0 0
86 Vanuatu 0 0 0 0 0
86 Vietnã 0 0 0 0 0
86 Zâmbia 0 0 0 0 0
86 Zimbábue 0 0 0 0 0

Minuto

Ver todas