Mário Fernandes não joga mais pelo Grêmio

Lateral foi vendido ao CSKA e só não vai imediatamente para a Europa se exames apontarem algum problema

Eduardo Moura - 04/05/2012 - 15:09 Porto Alegre (RS)

Mário Fernandes, do Grêmio (Lucas Uebel/Grêmio)

Após o anúncio da contratação do meia Zé Roberto, o presidente Paulo Odone confirmou que Mário Fernandes não deve mais jogar pelo Grêmio. O lateral-direito foi vendido para o CSKA, da Rússia, e viajou na segunda-feira para fazer exames. Se tudo correr bem, retorna para a Europa.

A intenção do Tricolor gaúcho era ficar com Mário até a abertura da janela de transferências, inicialmente marcada para agosto, mas que o Grêmio acredita que será antecipada para junho. Mas os russos bateram o pé, e o clube aceitou liberá-lo antes do pretendido.

E MAIS
> Grêmio anuncia contratação de Zé Roberto

- O Mário voltou, mas se tudo der certo com os exames, ele vai em definitivo para lá – disse Odone.

Na última segunda-feira, Mário rumou para a Alemanha. Foi lá que realizou toda a bateria de exames médicos, em uma clínica da confiança do clube russo. Ele viajou na companhia do diretor jurídico do Grêmio, Gustavo Pinheiro, e do seu empresário.

A negociação tem valores que giram em torno de € 15 milhões. Deste montante, o Grêmio ficaria com € 7 mi, enquanto um grupo de investidores abocanharia quantia igual. O São Caetano ficaria com o € 1 milhão restante.

Seu retorno aos treinamentos no Olímpico é esperado para a tarde desta sexta-feira, quando o elenco se reapresenta após a vitória contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil. Para a posição, o Grêmio conta com Edilson, Gabriel e Pará. O primeiro é o atual titular, depois de desbancar o renomado camisa 2.

Você comentarista: