Treino do Grêmio tem circuito físico com forca: 'Mais forte do ano'

Kleber disse que treino parecia "russo". Renato voltou a utilizar aparelho para melhorar impulsão

LANCEPRESS! - 10/07/2013 - 13:13 Porto Alegre (RS)

Treino do Grêmio (Foto: Márcio Neves/Grêmio)

Assim como ocorreu ontem, a quarta-feira é de trabalho em dois turnos para o plantel do Grêmio, visando o confronto do próximo domingo, contra o Botafogo, na Arena. Sem Marco Antônio, preservado com dores nas costas, mas com Zé Roberto e Souza de volta, o grupo gremista fez um circuito de trabalhos físicos no gramado suplementar do Olímpico. Inclusive, com o retorno da 'forca', aparelho usado por Renato Gaúcho para melhorar o cabeceio dos atletas.

O retorno do aparelho foi o que mais chamou atenção durante o treino. Os jogadores precisavam sentar em colchonetes no gramado, há cerca de dois metros da forca. Após um sinal, se levantavam rapidamente e precisam acertar a bola pendurada. O trabalho mesclou vários tipos de exercícios com e sem bola exigindo impulsão, força e velocidade dos jogadores. Souza e Zé Roberto, poupados nos trabalhos de ontem, treinaram normalmente.

E MAIS:
>Companheiros tentam fazer tímido Maxi se 'atrever' e falar português
>Jovens idolatram, mas pregam marcação em Seedorf: 'Depois, vejo no Youtube'
>Dispensado da base do Grêmio, Bolívar está pronto para 'vingança'

- Parecia um treino russo, a gente caía, levantava, se arrastava. Foi o treino mais forte do ano. Realmente pegou mesmo. E tem que ser assim. Treinar forte, treinar bem. Isso, lá na frente, vai nos beneficiar - elogiou o atacante Kleber Gladiador, em entrevista coletiva.

Os atletas almoçam no Olímpico e ficam concentrados no próprio estádio esperando o treino da tarde, marcado para o gramado principal a partir das 15h30. Renato tem até domingo para escalar a equipe que enfrenta o Botafogo, às 16h, na estreia do ídolo tricolor na Arena. A expectativa é de público de Libertadores para o duelo. A tendência é que o treinador escale: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Souza, Elano e Zé Roberto; Vargas e Barcos.

Você comentarista: