Gil destaca briga por posição, mas se diz de braços abertos a Dedé

Sem Chicão no início da Libertadores, por conta de lesão, camisa 4 mira a vaga de titular ao lado de Paulo André. Ele também comentou sobre a chance de chegada do Mito

LANCEPRESS! - 24/01/2013 - 12:07 São Paulo (SP)

Gil - Corinthians (Foto: Renato Cordeiro)

Contratado do Valenciennes (FRA) por 3,5 milhões de euros (R$ 9,4 milhões), o zagueiro Gil mira a vaga de titular do Corinthians no início da Libertadores. Chicão passou por artroscopia no joelho esquerdo e ficará afastado, pelo menos, por um mês.

- Acho que será uma briga sadia da nossa (zagueiros) parte, todo mundo fazendo o melhor em prol do Corinthians. Então temos de trabalhar sério para conseguir os objetivos - disse o camisa 4, citando a concorrência com Felipe, André Vinícius e Antonio Carlos.

O titular Paulo André ainda realiza a pré-temporada e só vai estrear a partir do dia 30, contra o Mogi Mirim, no Pacaembu. Apenas ele e Gil são considerados experientes para a Libertadores.

Gil aprova estreia e apoio dos companheiros


Por isso, o Corinthians tem desejo na contratação de Dedé, do Vasco. O clube já realizou uma proposta aos cariocas, que recusaram em reunião na última quarta-feira. No entanto, a entrada da DIS no negócio ainda dá esperanças e a conversa continua.

- Todo mundo que vier para ajudar, assim como cheguei agora, será bem recebido pelo grupo. Quando vem para ajudar a gente sempre está de braços abertos. Vai ser bom para todo mundo. Se ele (Dedé) vier, vamos recebê-lo de braços abertos - garantiu Gil.

O presidente Mário Gobbi Filho já conversou por telefone com o Mito e ressaltou o interesse. Paulinho, companheiro de Seleção Brasileira, também deu boas indicações do Timão e recomendou-o a mudar de ares.

Você comentarista: