Meia do Saint-Étienne é operado, mas volta ao futebol é incerta

Jérémy Clément quebrou a tíbia e a fíbula ao sofrer entrada violenta na goleada de sua equipe contra o Nice. Presidente diz que passou mal ao rever cena pela TV

LANCEPRESS! - 03/03/2013 - 12:21 Saint-Étienne (FRA)

Jeremy Clement - Saint-Etienne (Foto: Thierry Zoccolan/AFP)

No sábado, o Saint-Étienne venceu o Nice por 4 a 0. No entanto, um fato negativo marcou a goleada da equipe verde e branca no Campeonato Francês: o meia Jérémy Clément fraturou a tíbia e a fíbula após entrada violenta de Valentin Eysseric. Ele foi operado depois da partida para corrigir o problema, mas seu retorno aos gramados ainda incerto pois depende da calcificação dos ossos.

O treinador Christophe Galtier lamentou o ocorrido em entrevista ao "Eurosport.com".

- Ele teve fraturas expostas em alguns pontos. Foi na tíbia e na fíbula. Ele foi operado. Preferia perder a partida – afirmou.

De acordo com o presidente do clube, Roland Romeyer, o cenário do vestiário após o triunfo era desolador. O mandatário ainda afirmou que passou mal ao rever a cena pela televisão.

- Foi terrível. Foi uma lesão muito grave. Ficamos muito infelizes. Ganhamos por 4 a 0, mas não conseguimos comemorar nada. Esperamos que ele se recupere e os ossos sejam corrigidos para ele voltar a jogar. Estou passando mal até agora – falou.

Você comentarista: