Ver mais:

Lucas Leiva fala sobre sua volta ao Inglês e elogia novo técnico dos Reds

Volante esteve sete meses lesionado e retorna à Premier League

Thiago Correia e João Vitor Xavier - 18/08/2012 - 07:10 Rio de Janeiro (RJ)

O Liverpool contratou apenas três jogadores, jovens promessas e desconhecidos (Borini, Allen e Assaidi), mas nem por isso deixou de ter um bom reforço. O volante Lucas Leiva ficou sete meses afastados dos gramados, e já esteve em alguns amistosos e até na fase eliminatória da Liga Europa. Mas é no Campeonato Inglês, que começa neste fim de semana, que o brasileiro será mais importante. O ex-gremista falou sobre esse período mais complicado em sua carreira.

Em cinco anos de Liverpool, nunca tive uma lesão, e foi logo assim, lógico que ainda tem um caminho longo para chegar ao nível que estava, mas estou me sentindo bem, disponível para ser relacionado - disse ao LANCENET!.

Outra novidade nos Reds é no banco reservas. Brendan Rodgers destacou-se no modesto Swansea, e ganhou a oportunidade no segundo maior campeão inglês. Lucas revelou que em dois meses de trabalho, o treinador já está colocando seu estilo no time.

- Ele é norte-irlandês, mas com disposição tática bem diferente do usual aqui, ele procura muito toque de bola, quer o controle, e quando perde a bola, quer uma pressão forte. Tem tudo para dar certo durante a temporada - torce Lucas.

Carinho da torcida

Lucas já vai para sua sexta temporada no clube do norte da Inglaterra, e ele acredita que aos poucos, depois de dois anos abaixo do que poderia render, de acordo com ele mesmo, alcançou o carinho e o respeito dos torcedores.

- Criei uma identidade, tive muita dificuldade no início, não estava preparado fisicamente para o estilo de jogo em alta velocidade, e dei duro para mudar a opinião das pessoas, acabei revertendo tudo pelo lado positivo e nunca reclamei.

Lucas durante treino do Liverpool (Foto: Andrew Powell/Liverpool FC)

Seleção Brasileira

O volante do Liverpool era figura fácil nas listas de Mano Menezes até se lesionar, mas acabou sendo forçado a se afastar. O jogador pelo menos se alivia por não por questões técnicas, e até esteve presente em alguns jogos da Seleção Brasileira durante os Jogos Olímpicos.

- Mantive contato com a maioria dos jogadores durante os Jogos, somos amigos, procurei dar força. Não estive no hotel ou parecido, só em jogos torcendo, de alguma forma, sentia-me parte daquele grupo. Com uma sequência no Liverpool, espero voltar - concluiu.

A estreia do Liverpool no Campeonato Inglês será no sábado contra o West Bromwich.

Você comentarista: