Robertinho, observador técnico do Flu, morre de insuficiência respiratória

Integrante da comissão técnica faleceu às 2h desta terça, aos 57 anos. Tricolor solicita um minuto de silêncio contra o Vasco 

LANCEPRESS! - 21/08/2012 - 11:18 Rio de Janeiro (RJ)

A terça-feira do Fluminense começou da pior maneira possível. Roberto Moreno, observador técnico do clube, faleceu às 2h da manhã vítima de insuficiência respiratória. O Flu irá pedir à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para homenageá-lo com um minuto de silêncio antes do clássico contra o Vasco, no próximo sábado.

– O Fluminense perde um profissional exemplar, que honrou o clube e era querido por todos. Nos solidarizamos com a família e vamos apoiá-los no que for necessário – afirmou o presidente do clube, Peter Siemsen.

Conhecido como Robertinho, o profissional da comissão técnica tricolor tinha 57 anos e começou a trabalhar com o técnico Abel Braga em 2003, na Ponte Preta. Três anos depois, Abelão levou Robertinho para o Internacional e, em seguida, ele rumou com o técnico para os Emirados Árabes Unidos, onde trabalhou no Al-Jazira.

Ele estava no clube das Laranjeiras desde junho de 2011, quando Abel retornou ao Fluminense. O clube se colocou à disposição para apoiar a família de Robertinho no que for preciso e ofereceu todos os recursos disponíveis ao ex-observador técnico.

Você comentarista: