Flu já mapeia o mercado e busca cinco reforços para 2014

Diretoria já detectou as carências e diretor executivo, Felipe Ximenes, já começa a ver possíveis nomes para o próximo ano. Zaga e ataque são prioridades

Guilherme Abrahão - 24/12/2013 - 06:24 Rio de Janeiro (RJ)

Conca comemora gol no jogo entre Guangzhou Evergrande x Arábia Saudita (Foto: AFP)

Mesmo com a indefinição sobre o novo treinador, o Fluminense já decidiu para quais posições buscará reforços para a próxima temporada. No planejamento, cinco posições precisam ser fortalecidas em 2014: um lateral-esquerdo, um zagueiro, um volante, um meia e um atacante.

Os nomes já estão sendo estudados pelo novo diretor executivo, Felipe Ximenes, mas, como o Flu ainda não definiu quem comandará a equipe, o dirigente apenas tem feito um mapeamento do mercado e já elaborou uma lista para ser passada ao presidente Peter Siemsen, ao mandatário da parceira e patrocinadora, Celso Barros, e ao novo comandante. Contudo, Ximenes terá de conversar com diretoria do Flu, já que a Unimed não pretende investir em reforços. O único nome pago pela parceira será Conca.

Com a tendência de Peter aceitar a imposição de Celso e contratar Renato Gaúcho para comandar o Tricolor, nomes mais consagrados no mercado já estão na lista do dirigente. O principal reforço seria para o ataque, já que o clube busca incessantemente um atacante para fazer dupla com Fred. A ideia é trazer um jogador veloz, com características parecidas com as de Wellington Nem. O sonho do presidente é repatriar Maicon, revelado pelo Flu e que hoje está no Lokomotiv (RUS), mas os altos valores e a dificuldade criada pelos russos impedem o andamento das negociações.

Um zagueiro e um volante também chegariam para ser titulares. Por enquanto, na defesa, Digão é o único com presença garantida em 2014. Na lateral esquerda, a busca é por alguém que substitua Carlinhos à altura, algo que nunca ocorreu desde a chegada do camisa 6, em 2010. Para o meio, o reforço disputaria a posição com Wágner, ao lado de Conca entre os titulares.

REFORÇOS NA CONTA DO FLUMINENSE

Os nomes que estão sendo buscados para reforçar o elenco do Fluminense para a próxima temporada serão todos custeados pelo próprio clube, sem o aporte financeiro da Unimed. Quem garantiu a situação foi o presidente da patrocinadora, Celso Barros.

– A Unimed não investirá nada mais do que o orçamento previsto, seja com o Renato ou com qualquer outro técnico que for contratado. Nada mais de trazer jogador assim ou assado. Já investimos no Conca e só – garantiu ele em entrevista ao LANCE!Net.

CASO MONZÓN SERVE DE ALERTA NO CLUBE

A contratação de Monzón no início do ano serviu como alerta para o Tricolor evitar buscar jogadores no mercado sul-americano. O argentino chegou para ser reserva imediato de Carlinhos e disputar vaga com o titular. Ele tinha ótimas recomendações do Lyon (FRA), mas acabou não agradando a diretoria. O lateral foi liberado no meio do ano e se transferiu para o Catania, da Itália.

Além disso, Monzón foi um jogador que veio com um alto custo – recebia cerca de R$ 290 mil mensais – e o clube não pretende gastar altas quantias  com outra aposta para o setor. Assim, o Flu irá buscar em 2014 algum jogador brasileiro para a lateral esquerda.

Você comentarista: