Ex-prefeito defende nome de Havelange no Engenhão

Responsável por inaugurar estádio, César Maia pede que injustiça seja evitada. Ele citou feitos do cartola e exaltou ajuda por 2016

Leo Burlá - 16/07/2012 - 18:23 Rio de Janeiro (RJ)

João Havelange (Foto: Gilvan de Souza)

Em meio ao crescimento da adesão popular para que o Engenhão, batizado oficialmente como Estádio Olímpico João Havelange, seja rebatizado como Estádio Olímpico João Saldanha, o ex-presidente da Fifa ganhou um aliado.

Responsável pela inauguração do estádio, o ex-prefeito Cesar Maia defendeu a manutenção do nome e pediu que as autoridades pensem muito antes de cometerem o que classificou como uma 'injustiça'.

OPINE: O Engenhão deve deixar de ter o nome de João Havelange?

Por e-mail, Maia listou os feitos de Havelange enquanto presidente da CBD e da Fifa e exaltou a importância do discurso do dirigente na eleição que definiu o Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016.

Em referência ao escândalo da ISL, Maia ainda lembrou que o nome de Havelange está ligado ao recebimento de '1 milhão contra 13 milhões do ex-genro, Ricardo Teixeira.'

Circula na internet um abaixo assinado favorável pela mudança. A petição foi elaborada pelo Núcleo de Estudos e Projetos Esporte e Cidadania.

A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer do Rio informou que ainda não há definição alguma sobre o caso.

Você comentarista: