Cruzeiro recebe oferta de patrocínio da Caixa, mas tem que rescindir com BMG

Raposa tem vínculo com o seu patrocinador máster até dezembro de 2014

Thiago Fernandes - 26/11/2012 - 16:34 Belo Horizonte (MG)

As imagens de Fluminense 0 x 2 Cruzeiro (Foto: Bruno de Lima)

Vinculado ao Banco BMG – atual patrocinador máster – até dezembro de 2014, o Cruzeiro pode anunciar um novo parceiro para estampar na camiseta. A Caixa Econômica Federal, que divulga o seu nome no uniforme do Corinthians, tem interesse em alinhavar um acordo com a marca celeste.

Segundo pessoas ligadas à instituição financeira, os valores anuais serão superiores ao atual. Hoje, o Cruzeiro recebe cerca de R$ 12 milhões para estampar a marca do BMG.

Ciente da possível perda de espaço no material esportivo cruzeirense, o banco mineiro teria feito uma contraproposta ao clube, segundo um membro da cúpula azul. A assessoria de imprensa do Banco BMG, no entanto, rechaça que esteja conversando com o clube para elevar os valores pagos.

A parceria entre Cruzeiro e BMG não se restringe apenas ao patrocínio de uniforme. O fundo de investimentos da instituição financeira ainda tem uma parceria com o clube para o fornecimento de jogadores. O banco tem percentuais dos direitos econômicos de dois nomes importantes da equipe: Montillo (20%) e Wellington Paulista (25%).

O relacionamento da cúpula estrelada com a Caixa também é estreito. No início deste ano, quando passou por uma crise financeira, o clube recorreu à organização federal para quitar dívidas referentes aos salários dos atletas.

*Atualizado às 16h56, de 27/11/2012

Você comentarista: