Após perder três jogos e intensificar treinos, Douglas ganha nova chance

Fora dos empates contra São Caetano, Palmeiras e San José (BOL), meia pega no pesado e arranca elogios do preparador físico, que nega excesso de peso do camisa 10

Marcelo Braga - 24/02/2013 - 12:00 São Paulo (SP)

Douglas - Corinthians (Foto: Reginaldo Castro)

Criticado por Tite após o empate sem gols contra o Botafogo-SP, no último dia 6, Douglas ficou fora dos últimos três jogos e realizou trabalhos com os profissionais da preparação física. Contra a Bragantino, neste domingo, sem cinco titulares (Alessandro, Danilo, Jorge Henrique, Sheik e Guerrero), Tite opta por dar uma nova chance ao jogador, que atuou por apenas 80 minutos na temporada, somando o tempo que jogou contra Mogi Mirim, Oeste e Botinha.

– Ele volta bem, treinou bem a semana toda, inclusive no domingo, fez trabalho em período integral na segunda e quarta-feira, então evoluiu bastante. Está liberado e o físico não deve mais atrapalhar. Vai estar bem melhor do que antes – garantiu o preparador físico Fábio Mahseredjian, ao LANCE!Net.

De acordo com ele, aliás, o problema de Douglas não eram quilinhos a mais, mas sim sua baixa performance. Por conta disso, necessitou de um tempo maior de pré-temporada, com trabalhos intensos.

– A má condição dele era uma percepção nossa. Quando voltou das férias (em 14 de janeiro), voltou magro, até mais do que esperávamos. Mas abaixo em relação à performance. Por conta disso, ele necessitou de duas semanas a mais para se recuperar – disse o profissional do clube.

Na última semana, o meia completou 31 anos. Titular nos últimos meses de 2012, o atleta perdeu a vaga na final do Mundial, contra o Chelsea (ING), para Jorge Henrique.

Você comentarista: