Lancenet

Rio

  • Botafogo
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Vasco

São Paulo

  • Corinthians
  • Palmeiras
  • Santos
  • São Paulo

+ Futebol

  • Atlético MG
  • Cruzeiro
  • Grêmio
  • Internacional


Publicada em 13/10/2010 às 16:38

Fábio Carille: a mente de Mano Menezes

Auxiliar será o 37º técnico interino da História do Corinthians


LANCEPRESS!

O Corinthians enfrenta o Vasco, nesta quarta-feira, às 22h, em São Januário, sob nova direção. O auxiliar-técnico Fábio Carille, que foi trazido ao Parque São Jorge por Mano Menezes em janeiro do ano passado, será substituto do demitido Adilson Batista.

Como já foi avisado por Andrés Sanchez, ele não será efetivado no cargo de treinador do Corinthians. Com isso, Carille entra para a História do clube como o 37 interino em cem anos. O último a viver tal situação foi Zé Augusto, em 2007 – atualmente ocupa o cargo de treinador da equipe sub-17 (veja quadro com todos abaixo).

Da formação da equipe titular, passando pela postura tranquila na entrevista coletiva de ontem à tarde, até a ponderação relativa à distribuição dos jogadores em campo, o interino mostrou que seu trabalho é parecido com o do atual comandante da Seleção Brasileira.

A filosofia de Mano, que pregava um sistema de jogo mais precavido, será implantada no Rio de Janeiro. Certamente, um ensinamento do homem que o trouxe ao clube, que pregava a tranquilidade em meio à esquemas bem menos expostos.

– Mudou muitos jogadores, mas minha preocupação é dar tranquilidade ao sistema defensivo. Uma coisa que a gente precavia muito era não tomar gols. Não dá para dizer que será igual porque o Mano tinha Jorge (Henrique), Dentinho, Ronaldo, Ralf que ainda está de fora – despistou o interino do Timão.

Carille, que pode quebrar o jejum de cinco jogos sem vitória e, de quebra, conquistar o título do primeiro turno (veja mais na página ao lado), tem 37 anos. Desde que chegou, jamais havia concedido entrevista. Ex-zagueiro, encerrou a carreira de jogador profissional em 2007, passando a trabalhar como auxiliar técnico do Barueri, comandando interinamente.

Se Carille repetir o sucesso de Mano e a diretoria demorar para encontrar o substituto de Adilson, não é difícil imaginar que ficará!

Interinos do Corinthians em 100 anos:

José Augusto
(abr/07)
Transição de Leão para Carpegiani.

Ademar Braga
(mar/06 – maio.06)
Substituiu Antonio Lopes.

Márcio Bittencourt
(mar/05 – maio.05)
Após ser interino, ficou cinco meses.

Jairo Leal
(maio a julho/02)
Foi interino na Copa dos Campeões.

Waldir J. de Morais
(outubro/00)
Ficou entre Vadão e Candinho.

José Carlos Serrão
(maio/00)
Substituiu Oswaldo de Oliveira.

Edson Cegonha
(jan a fev/00)
Comandou reservas no Rio-São.

Oswaldo de Oliveira
(jun a out/98)
Interino de Luxa em duas partidas.

Wilson Coimbra
(ago/97)
Entre Nelsinho e Joel Santana.

Pupo Gimenes
(jan/96)
Ficou no Torneio Início do Estadual.

Eduardo Amorim
(fev/94)
Entre Afrânio Riul e Carlos A. Silva.

Márcio Araújo
(ago/93)
Um jogo antes de Mário Sérgio.

Agnaldo Moreira
(5/91, 10/92 e 5/96)
Preparador foi interino três vezes.

Ângelo Macariello
(fev/89)
Entre José C. Fescina e Ênio Andrade.

Basílio
(8/85, 5 a 7/86, 8/86, 4 a 5/87 e 12/87)
Herói de 77, foi interino cinco vezes.

Helio Máffia
(2/84, 6 a 8/84 e 2/85)
Substituiu Jorge Vieira e Jair Picerni.

Julinho
(5 a 6/80 e 8/80)
Interino em três oportunidades.

Nicanor de Carvalho
(3/80)
Substituiu Jorge Vieira por sete dias.

João Avelino
(10 a 11/77)
Substituiu O. Brandão por um mês.

Luiz Moraes
(10 a 11/77)
Ex-goleiro, Cabeção ficou uma vez

Luiz Trochillo
(4 a 5/72 e 11/75)
Substituiu F. Sarno e Sylvio Pirillo.

Oswaldo da Silva
(8 e 9/70)
Ex-atacante Baltazar foi duas vezes.

Oswaldo Brandão
(7/68)
Foi interino antes de Aymoré Moreira.

José Teixeira
(3/65, 11/65 e 8/66)
Três vezes antes de assumir à equipe.

Roberto Belangero
(6/64)
Foi interino ao substituir Paulo Amaral

Nesi Cury
(5/63)
Era diretor e assinou a súmula.

Oswaldo Rodoplho
(3/61)
Ex-jogador, Dino Pavão era auxiliar.

Albino Lotito
(6/58)
Era diretor e assumiu dois jogos.

Hélio Filé
(4/58)
Era técnico do time reserva.

José Castelli
(1 a 2/58, 4 a 5/59 e 7/61)
Rato efetivo duas vezes e interino três.

José Gomes Nogueira
(4/58)
Interino por apenas quatro jogos.

Cláudio C. de Pinho
(5/54, 1/56 e 3/56)
Maior artilheiro da história do clube.

Cláudio, Servílio e Hélio
(7/48)
Três formaram um triunvirato.

Amílcar Barbuy
(7/48)
Interino em apenas um jogo.

Manoel Nunes
8/27 a 3/28
Enquanto cumpria suspensão.

Fernando Torrini
(5/19)
Interino do Corinthians por dez dias.

    Copie o código abaixo e cole no seu blog

     

    <p><a href="">Fábio Carille: a mente de Mano Menezes</a>, LANCEPRESS! - Auxiliar será o 37º técnico interino da História do Corinthians</P>

     

    Fechar






    Minuto L! Africa 2010

    16h38 Fábio Carille: a mente de Mano Menezes
    16h35 Procurado, Parreira diz que não recusou o Corinthians
    16h34 Centenário muda panorama de Vasco x Timão
    16h33 Em nota oficial, Corinthians nega que tenha procurado Joel Santana
    16h31 Ronaldo reafirma que volta está próxima
    Error processing SSI file
    Error processing SSI file
    Untitled Document




    Home

    LANCE!Activo
    Aqui é você que manda
    Fala galera

    Quem deve entrar no lugar de Jorge Henrique?

    Enviar opinião Ver resultados

    Iarley merece ser titular após os retornos de Ronaldo e Dentinho?

    Enviar opinião Ver resultados

    Copyright (c) 2008 Diário LANCE! Todos os direitos reservados