Lancenet

Rio

  • Botafogo
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Vasco

São Paulo

  • Corinthians
  • Palmeiras
  • Santos
  • São Paulo

+ Futebol

  • Atlético MG
  • Cruzeiro
  • Grêmio
  • Internacional


Publicada em 11/3/2010 às 11:48

Ronaldo vive seu pior momento no Corinthians

Fenômeno já tem a titularidade contestada por torcedores; Especialistas do LNET! o querem no time

Ronaldo, pela primeira vez, começa a ser questionado no Corinthians

Ronaldo, pela primeira vez, começa a ser questionado no Corinthians (Crédito: Montagem sobre foto de Ari Ferreira)

Bruno Uliana
Bruno Uliana SÃO PAULO
Entre em contato


Ronaldo foi contratado no final de 2008 como a principal contratação do futebol brasileiro, mas com certa desconfiança sobre o seu rendimento. Em 2009, o Fenômeno mostrou toda a sua genialidade em campo. Com lindos gols e dribles desconcertantes, o camisa 9 calou os críticos, provando que ainda estava "vivo" para o futebol.

Entretanto, a história em 2010 está custando a se repetir. Com uma contusão no início da temporada e péssimas atuações até aqui, Ronaldo, ainda visivelmente fora de forma, não entrou em sintonia com o gol e não fez as pazes com a bola, que parece até queimar em seus pés.

No ano do centenário do clube, não é novidade que a torcida esperasse um esquadrão em campo. No entanto, as atenções neste ano certamente estariam voltadas principalmente para o Fenômeno. Os números da parceria LANCE!/FOOTSTATS mostram que ele está longe fazer jus ao status de principal esperança da Fiel na inédita conquista da Copa Libertadores da América.

Enquete Ronaldo deve ir para o banco de reservas no Corinthians?

Seu rendimento no Campeonato Paulista já está abaixo do esperado, pois atuou apenas em quatro jogos e não brilhou. Mas, na competição sul-americana, onde a expectativa pelo seu futebol é ainda maior, o camisa 9 só vem decepcionando.

Nas duas partidas do Timão no torneio sul-americano, além de passar em branco em redes balançadas e até mesmo nas assistências, Ronaldo vem sofrendo dura marcação dos adversários. No primeiro jogo, chegou a vir buscar a bola no meio-de-campo e participou, mesmo que inicialmente, das jogadas dos gols corintianos. Com isso, o rendimento é muito aquém do esperado.

Na competição que é conhecida por ser mais "pegada", o camisa 9 já perdeu a bola 11 vezes, com média de 5,5 por partida. Número alto? Se comparado ao seu reserva Souza, sempre contestado pela torcida corintiana, eles ficam ainda mais expressivos.

O camisa 19 corintiano perdeu apenas quatro bolas nas duas partidas. Além de já contabilizar uma assistência para o gol de Elias, contra o Racing, na primeira rodada da competição, Souza tem entrado bem também no Paulistão. Tanto é que já marcou dois gols no estadual, enquanto Ronaldo apenas um.

Mas como o assunto principal é o rendimento de Ronaldo, vale destacar também que o jogador está pouco participativo nas partidas. Além de se esconder entre os zagueiros e pouco correr durante os minutos em que fica em campo, Ronaldo quase não fica com a bola no pé. Nestes dois jogos na Libertadores, ficou com a posse de bola apenas 49 segundos por partida. Número baixo quando comparado a Elias, por exemplo, que é considerado o motorzinho da equipe: 1m24 em média.

A boa fase de Dentinho e a inesperada regularidade de Souza começa a - acreditem ou não - ameaçar a titularidade de Ronaldo, antes incontestável no time do Corinthians. Respaldo, confiança e, principalmente, prestígio ele tem com a torcida e com o técnico Mano Menezes. Mas, se Ronaldo quiser voltar a ser o Fenômeno de sempre, terá de melhorar - e muito! - o seu rendimento.

Confira a opinião dos especialistas:

André Kfouri - Colunista do LANCE!

Dá a impressão de que ele ainda precisa de ritmo, mas no caso dele é lógico que há muitas outras coisas envolvidas nisto. No passado, nesta época, ele ainda também não tinha mostrado todo aquele futebol que mostrou na fase decisiva. Não acho que mereça ir para o banco. Ele deve ser mantido, exatamente com a conduta que houve no jogo contra o Independente de Medellín. No momento em que o Mano achou que era necessário substituir, o tirou. Mas não acho que ele mereça ir para o banco de reservas.

Mauro Beting - Colunista do LANCE!

A questão física atrapalha o Ronaldo. O time também não tem ajudado. Mas, como na Copa do Mundo de 2006, é melhor deixá-lo em campo, adquirindo ritmo na marra. Reserva? Não. Não é o caso. Até porque é melhor Ronaldo ganhando forma (e não quilos) a ter Souza em campo.

Marcelo Damato - Colunista do LANCE!

Ano passado, foi tudo meio festa, tudo deu muito certo e houve uma grande empolgação. As atuações dele neste ano não estão iguais, mas não é uma coisa altamente preocupante. É mais um problema de colocar a cabeça no lugar. Ele tem de estar um pouco mais focado, e tem totais condições de fazer isto. O problema não é físico e nem técnico, mas precisa haver uma evolução natural da rotina dele no Corinthians. É muito difícil deixar um jogador como o Ronaldo no banco. O jogador vai estar em campo com uma pressão enorme de ter o Ronaldo no banco. Ou coloca para jogar, ou nem coloca no banco.

Copie o código abaixo e cole no seu blog

 

<p><a href="">Ronaldo vive seu pior momento no Corinthians</a>, LANCEPRESS! - Fenômeno já tem a titularidade contestada por torcedores; Especialistas do LNET! o querem no time</P>

 

Fechar






Minuto L! Africa 2010

16h38 Fábio Carille: a mente de Mano Menezes
16h35 Procurado, Parreira diz que não recusou o Corinthians
16h34 Centenário muda panorama de Vasco x Timão
16h33 Em nota oficial, Corinthians nega que tenha procurado Joel Santana
16h31 Ronaldo reafirma que volta está próxima
Error processing SSI file
Error processing SSI file
Untitled Document




Home

LANCE!Activo
Aqui é você que manda
Fala galera

Quem deve entrar no lugar de Jorge Henrique?

Enviar opinião Ver resultados

Iarley merece ser titular após os retornos de Ronaldo e Dentinho?

Enviar opinião Ver resultados

Copyright (c) 2008 Diário LANCE! Todos os direitos reservados