Dentinho sobre Valdivia: 'Sou a favor de chute no vácuo'

Hoje na Ucrânia, ex-atacante do Timão torce pelo título brasileiro que escapou em 2010 e aposta em 2 a 0 no Pacaembu

Marcelo Braga - 04/12/2011 - 07:00 São Paulo (SP)

Dentinho (Foto: Tom Dib)

Valdivia é uma das principais preocupações do Corinthians para o jogo deste domingo, que pode dar o título brasileiro ao time Alvinegro. Em maio, porém, o chileno foi alvo de piadas no CT. Além de eliminar o Palmeiras nos pênaltis na semifinal do Paulistão, os corintianos viram o meia deixar o jogo com 20 minutos, após lesão muscular causada pelo "chute no vácuo".

Na reapresentação da equipe, Liedson, Bruno César e Dentinho imitaram o rival, tirando sarro do movimento que lesionou o jogador.  Hoje na Ucrânia, buscando seu espaço no Shakhtar Donetsk, Dentinho lembra e minimiza a provocação:

- Foi só uma brincadeira nossa ali. Conheço bem a rivalidade, mas não foi para provocar ninguém. É que foi engraçado e tenho certeza que se acontecesse com a gente, eles também iam brincar. Respeitamos o Palmeiras, foi só uma brincadeira nossa, não foi para tirar sarro de ninguém - garantiu, por telefone, ao LANCENET!.

Conhecido por sua irreverência e ousadia em campo, Dentinho se diz defensor dos dribles no futebol. Até por isso, não condena o lance de efeito que já virou marca de Valdivia.

- Eu não posso falar nada, sempre fui jogador, não de irritar os outros, mas de mostrar um futebol alegre, de dar passe de letra, pedalada...O que é bonito tem de ser feito mesmo. Olhe o Neymar, como é abusado, tem de fazer o que sabe mesmo. (Sou a favor) De chute no vácuo, de pedalada, de caneta, de chapéu. Sou a favor do futebol bonito - garante.

Terceiro colocado com o Timão no Brasileirão de 2010, ele ainda lamenta a perda do título. Assim como os fracassos na Libertadores e no próprio Paulistão, quando o Santos levou a melhor na final. Agora só na torcida, espera que os companheiros, enfim, deem a volta por cima.

- Chegamos bem próximos no ano passado. Tivemos problemas como lesões e perdemos alguns jogos bestas. Esse time tem muitas peças de reposição, o elenco é bastante forte. Não pode deixar escapar. Estou acompanhando e tenho certeza que vai sair domingo - disse ele, que nunca marcou um gol contra o Verdão.

Na expectativa pelo penta e apostando no placar de 2 a 0 - com gols de Liedson e Adriano -, manda seu recado para os ex-companheiros:

- Quero desejar boa sorte. Ganhar esse título será diferente de ganhar outro por qualquer clube. Essa torcida é maravilhosa, estará junto com vocês até o final. Tenho certeza que o Coringão será campeão - finalizou.

Você comentarista: