Símbolo do Corinthians muda e estrelas são extintas

Departamento de marketing solicita e Andrés Sanchez bate o martelo: as cinco estrelas estão extintas do escudo

Rodrigo Vessoni - 26/10/2011 - 06:04 São Paulo (SP)

Apresentação do Jogador Alex, Corinthians (Foto: Eduardo Viana)

Torcedor corintiano, atenção! O símbolo que você está acostumado se tornará apenas recordação. O departamento de marketing solicitou e o presidente Andrés Sanchez deu aval: as estrelas acima do escudo estão extintas.

A mudança altera a história do clube, que começou a bordar estrela após o primeiro título brasileiro. Até agora, o que se via na camisa oficial e em cada produto licenciado eram quatro estrelas menores alusivas ao tetracampeonato nacional, amarelas, além de uma estrela um pouco maior acima das quatro, contornada de cinza, alusiva ao Mundial de Clubes de 2000.

As notícias do Timão chegam primeiro no seu celular!

A modificação, segundo o gerente de marketing Caio Campos, tem três objetivos. O primeiro será o de aumentar o próprio escudo já que, sem as estrelas, a metragem vertical será modificada em alguns centímetros.

MEMÓRIA
Relembre todos os escudos da História do Corinthians

– Valorizaremos o que nosso torcedor mais se identifica, que é o nosso símbolo – explicou Caio, ao LANCENET!.

Outra motivação foi o fato de iniciar uma espécie de padronização nos produtos que estão no mercado.

– Temos 105 lojas oficiais espalhadas pelo Brasil e inúmeros produtos sendo vendidos – lembrou Caio.

OPINE!
O que você acha da mudança no símbolo do Timão?

Por fim, a mudança evita que uma possível conquista do quinto título brasileiro deixasse todo esse vasto material obsoleto. Ou seja, em caso de Tite, Ralf & Cia. levantarem o caneco, qualquer produto com quatro estrelas ficaria desvalorizado.

– Temos milhões de reais em produtos nas ruas. Dá para imaginar o prejuízo que teríamos com todo esse material sendo visto pelo torcedor como obsoleto? – indagou Caio, falando sobre a necessidade.

A modificação já começou. Netsa terça-feira, por exemplo, Tite trabalhou no CT Joaquim Grava com uma camisa pólo branca que já não tinha mais as estrelas no escudo (veja abaixo). Assim que a fornecedora de material esportivo entregar a próxima remessa de uniformes, os jogadores também passarão a usar camisas sem as estrelas em treinos e jogos. Nas lojas, o processo será o mesmo.

Tite já usa camisa com novo símbolo (Foto: Tom Dib)

ESTATUTO NÃO FAZ PROIBIÇÃO

A retirada das estrelas acima do escudo, que modifica o símbolo, não fere o estatuto do clube. O documento não traz a necessidade de autorização por parte de nenhum órgão, seja Conselho Deliberativo, Conselho de Orientação (CORI) ou Assembléia de sócios.

No Capítulo XI, Artigo 132 das Disposições Gerais, o escudo e todas suas especificações são exaltadas, além de minuciosamente explicados. Mas, em nenhum momento, são citadas as estrelas que estão no uniforme desde 2006 nem a necessidade de qualquer aprovação para retirada das mesmas.

O CRIADOR DO SÍMBOLO

Francisco Rebolo, pintor Francisco Rebolo, jogador do segundo quadro do Timão nos anos 1920, idealizou o escudo em 1933, numa referência aos esportes náuticos do clube. Ele foi o responsável por desenhá-lo com dois remos, corda e a âncora em volta da parte circular.

COM A PALAVRA

Rodrigo Vessoni (Setorista do Corinthians)

'Minha sugestão: uma única estrela pela Fiel'

A ideia de retirar todas as estrelas do escudo é boa e já deveria ter sido executada há mais tempo. Minha única ponderação é de que o clube poderia deixar uma delas, acima do escudo, na cor preta, em homenagem ao maior patrimônio: a Fiel.Ganhando, perdendo, na Série B, com ou sem Libertadores, os torcedores estarão sempre ao lado do clube. Ou seja, essa estrela jamais ficaria obsoleta. Jamais...

DIRETORIA FALA DA MUDANÇA NO ESCUDO

Você comentarista: